sicnot

Perfil

País

Mais de três mil bombeiros combateram 134 incêndios até hoje às 18h45

Um total de 3.316 operacionais esteve envolvido até às 18:45 no combate a 134 incêndios que estiveram ativos hoje em Portugal continental, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

No combate aos 134 incêndios, refere a Proteção Civil na sua página na Internet, estiveram também envolvidos 810 meios terrestres e foram usados por 89 vezes os meios aéreos.

Das 134 ocorrências, seis continuam em curso, nomeadamente nos concelhos de Pinhel, Ponte de Lima, Valpaços (com dois fogos), Monção e Ansião.

A Proteção Civil só destaca na sua página na Internet ocorrências com mais de três horas desde o seu início e com mais de 15 operacionais.

Às 18:45, a Proteção Civil informava que não havia "ocorrência significativas ativas".

Das restantes ocorrências, 78 estão dadas como encerradas (quando termina a presença de meios no local), 39 em conclusão (incêndio extinto, com pequenos fogos de combustão), três em vigilância (meios no local para atuar em caso de necessidade), seis em resolução (incêndio sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido) e três em alerta (meios em trânsito para o local do fogo).

Segundo a Proteção Civil, das 134 ocorrências registadas até às 18:45, o maior número ocorreu no distrito do Porto com 34 incêndios.

Viana do Castelo, com 13, e Braga, com 12, foram os outros dois distritos onde se registou o maior número de incêndios.

Em quarto lugar, com 10 incêndios, aparecem os distritos da Guarda e de Santarém.

Beja, Castelo Branco, Portalegre e Setúbal foram os distritos onde apenas existiu uma ocorrência até às 18:45.

No mês de julho, segundo as estatísticas da Proteção Civil foram registados 4056 incêndios.

Desde o início de agosto e até terça-feira, foram registados em Portugal continental 515 incêndios.

Os dias 04 e 05 de abril continuam a ser os dias, desde o início do ano, em que foram registados mais incêndios, com 243 e 206, respetivamente.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.