sicnot

Perfil

País

Mais de três mil bombeiros combateram 134 incêndios até hoje às 18h45

Um total de 3.316 operacionais esteve envolvido até às 18:45 no combate a 134 incêndios que estiveram ativos hoje em Portugal continental, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

No combate aos 134 incêndios, refere a Proteção Civil na sua página na Internet, estiveram também envolvidos 810 meios terrestres e foram usados por 89 vezes os meios aéreos.

Das 134 ocorrências, seis continuam em curso, nomeadamente nos concelhos de Pinhel, Ponte de Lima, Valpaços (com dois fogos), Monção e Ansião.

A Proteção Civil só destaca na sua página na Internet ocorrências com mais de três horas desde o seu início e com mais de 15 operacionais.

Às 18:45, a Proteção Civil informava que não havia "ocorrência significativas ativas".

Das restantes ocorrências, 78 estão dadas como encerradas (quando termina a presença de meios no local), 39 em conclusão (incêndio extinto, com pequenos fogos de combustão), três em vigilância (meios no local para atuar em caso de necessidade), seis em resolução (incêndio sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido) e três em alerta (meios em trânsito para o local do fogo).

Segundo a Proteção Civil, das 134 ocorrências registadas até às 18:45, o maior número ocorreu no distrito do Porto com 34 incêndios.

Viana do Castelo, com 13, e Braga, com 12, foram os outros dois distritos onde se registou o maior número de incêndios.

Em quarto lugar, com 10 incêndios, aparecem os distritos da Guarda e de Santarém.

Beja, Castelo Branco, Portalegre e Setúbal foram os distritos onde apenas existiu uma ocorrência até às 18:45.

No mês de julho, segundo as estatísticas da Proteção Civil foram registados 4056 incêndios.

Desde o início de agosto e até terça-feira, foram registados em Portugal continental 515 incêndios.

Os dias 04 e 05 de abril continuam a ser os dias, desde o início do ano, em que foram registados mais incêndios, com 243 e 206, respetivamente.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.