sicnot

Perfil

País

Mais de três mil bombeiros combateram 134 incêndios até hoje às 18h45

Um total de 3.316 operacionais esteve envolvido até às 18:45 no combate a 134 incêndios que estiveram ativos hoje em Portugal continental, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

No combate aos 134 incêndios, refere a Proteção Civil na sua página na Internet, estiveram também envolvidos 810 meios terrestres e foram usados por 89 vezes os meios aéreos.

Das 134 ocorrências, seis continuam em curso, nomeadamente nos concelhos de Pinhel, Ponte de Lima, Valpaços (com dois fogos), Monção e Ansião.

A Proteção Civil só destaca na sua página na Internet ocorrências com mais de três horas desde o seu início e com mais de 15 operacionais.

Às 18:45, a Proteção Civil informava que não havia "ocorrência significativas ativas".

Das restantes ocorrências, 78 estão dadas como encerradas (quando termina a presença de meios no local), 39 em conclusão (incêndio extinto, com pequenos fogos de combustão), três em vigilância (meios no local para atuar em caso de necessidade), seis em resolução (incêndio sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido) e três em alerta (meios em trânsito para o local do fogo).

Segundo a Proteção Civil, das 134 ocorrências registadas até às 18:45, o maior número ocorreu no distrito do Porto com 34 incêndios.

Viana do Castelo, com 13, e Braga, com 12, foram os outros dois distritos onde se registou o maior número de incêndios.

Em quarto lugar, com 10 incêndios, aparecem os distritos da Guarda e de Santarém.

Beja, Castelo Branco, Portalegre e Setúbal foram os distritos onde apenas existiu uma ocorrência até às 18:45.

No mês de julho, segundo as estatísticas da Proteção Civil foram registados 4056 incêndios.

Desde o início de agosto e até terça-feira, foram registados em Portugal continental 515 incêndios.

Os dias 04 e 05 de abril continuam a ser os dias, desde o início do ano, em que foram registados mais incêndios, com 243 e 206, respetivamente.

Lusa

  • Santana Lopes confirma buscas na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
    1:26

    País

    Pedro Santana Lopes confirmou esta quarta-feira a realização de buscas por parte da polícia judiária à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. O provedor da Santa Casa disse aos jornalistas que o processo está relacionado com suspeitas em compras efetuadas pela Misericórdia, situação que há dois anos já tinha sido objeto de inquérito interno.

  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.