sicnot

Perfil

País

SEF identifica vítimas de exploração em operação contra tráfico de seres humanos

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras identificou 50 pessoas que se supõe serem vítimas de exploração e constituiu arguidos dois suspeitos no âmbito de uma operação de combate a crimes de tráfico de seres humanos, divulgada hoje.

SIC

A operação de combate aos crimes de tráfico de seres humanos, imigração ilegal e angariação de mão-de-obra ilegal na zona Centro do país decorreu na terça-feira, no distrito de Leiria, onde, sob a direção do Ministério Público, foram realizados "18 mandados de busca domiciliária", divulgou o SEF em comunicado.

De acordo com o mesmo documento, as investigações "permitiram apurar a existência de um elevado número de cidadãos estrangeiros, maioritariamente comunitários, a trabalhar na atividade agrícola sem que a respetiva situação laboral esteja devidamente regularizada e a viver em condições pouco dignas, nalguns casos de insalubridade".

Durante a operação "foram identificados cerca de cinquenta cidadãos estrangeiros, sem a respetiva situação laboral devidamente regularizada" e, de acordo com o SEF, encontrada uma "significativa quantidade de documentação, que reforça os indícios de exploração laboral" e "uma substancial quantia monetária na posse de um dos suspeitos".

Na sequência da operação, foram constituídos arguidos dois cidadãos estrangeiros, suspeitos da prática dos crimes em investigação e estão em curso diligências "relacionadas com a adequada sinalização e referenciação de potenciais vítimas da atividade criminosa em investigação", acrescenta o comunicado.

A operação do SEF foi desenvolvida ao longo de cerca de vinte horas e envolveu mais de três dezenas de operacionais daquele serviço.

Lusa

  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23

    País

    A Proteção Civil emitiu um alerta para o tempo frio e seco e pede cuidados redobrados. As temperaturas já começaram a descer, com regiões a registarem valores negativos. No interior, podem chegar aos 5 graus negativos. Até ao Natal o tempo vai manter-se frio, seco e com ausência de chuva.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Fitch retira Portugal do "lixo"
    2:20
  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01
  • Marcelo evita "ideia de que o ano foi todo muito bom"
    3:14

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa disse esta sexta-feira que 2017 teve "o melhor e o pior" e que "é preciso evitar a "ideia que o ano foi todo muito bom". O Presidente da República fez estas declarações depois de António Costa ter dito que a nível económico este "foi um ano particularmente saboroso".