sicnot

Perfil

País

Proteção Civil alerta para níveis elevado e muito elevado de risco de incêndio

A Autoridade Nacional de Proteção Civil alertou hoje para o risco de incêndio florestal em níveis "elevado" e "muito elevado", nos próximos dias, devido às previsões do tempo seco e vento moderado.

Em comunicado, a ANPC refere que "o risco de incêndio vai manter-se na generalidade do território, em níveis elevado e muito elevado".

Citando o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPAM), a Proteção Civil indica que, para os próximos dias, está previsto uma subida gradual da temperatura, com máximas no interior a rondar os 40 graus, no sábado, e mínimas acima dos 20 graus.

O IPMA prevê também que o vento seja moderado, devendo aumentar de intensidade no norte litoral e nas terras altas na sexta-feira, e a humidade vai manter-se inferior aos 20 por cento no interior e com tendência para agravar nos próximos dias.

Nesse sentido, a ANPC emitiu um aviso à população devido à previsão de tempo seco e vento moderado, com a permanência de condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios florestais.

No comunicado, a ANPC recorda que não é permitido, em todos os espaços florestais, realizar queimadas, fazer fogueiras, queimar matos cortados e amontoados, lançar foguetes ou balões e fumar ou fazer lume.

"Se efetuar trabalhos agrícolas e florestais, mantenha as máquinas e equipamentos limpos de óleos e poeiras, abasteça as máquinas a frio, em local com pouca vegetação, e tenha cuidado com possibilidade de ocorrência de faíscas, durante a sua utilização", alerta igualmente a ANPC.

A Proteção Civil recomenda ainda à população para que adeque os comportamentos e atitudes, face à situação de perigo de incêndio florestal, nomeadamente com a adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, observando as proibições em vigor e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias.

Tendo em conta a presente situação meteorológica, a ANPC aconselha os grupos populacionais mais vulneráveis, como idosos e crianças, sem-abrigo e doentes do foro cardiorrespiratório, a tomarem as medidas de autoproteção devido ao calor.

Lusa

  • Santana diz que Marcelo por vezes faz de conta que é primeiro-ministro
    1:12

    País

    Santana Lopes diz que a expectativa que Passos Coelho criou sobre o mau desempenho do Governo se está a virar-se contra ele. Numa entrevista ao jornal Expresso deste sábado, o ex-primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa considera contudo que Passos Coelho ainda poderá ganhar as próximas eleições. Sobre Marcelo, o atual provedor da Santa Casa da Misericórdia diz que por vezes faz de conta que é o primeiro-ministro.

  • Coala do Zoo de Duisburg viaja para Lisboa 

    País

    A SIC acompanhou, em exclusivo, a transferência de uma coala do Zoo de Duisburg, na Alemanha, para o Jardim Zoológico de Lisboa. O animal foi transportado pela TAP e batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Uma reportagem para ver mais logo no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.