sicnot

Perfil

País

Ferido grave em incêndio de fábrica em Matosinhos transportado para Hospital de S. João

Um dos feridos graves no incêndio de uma fábrica em Matosinhos foi transportado para o Hospital de São João, no porto, com queimaduras de segundo e terceiro grau, disse à Lusa fonte do INEM.

vítima, um trabalhador de 40 anos, sofreu queimaduras na face e membros superiores, tendo sido entubado e ventilado no local.

O incêndio na fábrica de cortiça em Matosinhos causou ainda mais quatro feridos com queimaduras nos membros superiores e inferiores, tendo dois sido transportados para o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, um para o Hospital de São João e um para o Hospital de Santo António, também no Porto.

No local estiveram duas VMER, três ambulâncias do INEM, posto da Cruz Vermelha, bombeiros de Matosinhos e Leixões e uma unidade móvel de apoio psicológico.

O alerta foi dado às 17:29 e pelas 18:00 o incêndio na fábrica de rolhas de cortiça da Rua Brito e Cunha, em Matosinhos, já tinha sido dado como extinto.

Lusa

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.