sicnot

Perfil

País

GNR deteve suspeito de balear ex-companheira em Santa Maria da Feira

A GNR deteve um homem, de 53 anos, suspeito de ter baleado a ex-companheira hoje de manhã em Nogueira da Regedoura, Santa Maria da Feira, disse à Lusa fonte daquela força de segurança.

(SIC/ Arquivo)

(SIC/ Arquivo)

(SIC/ Arquivo)

(SIC/ Arquivo)

O caso ocorreu cerca das 09:00, na casa de um casal, onde a vítima faz limpeza doméstica.

Segundo a mesma fonte, o homem terá efetuado três disparos com uma pistola 6.35, dois dos quais atingiram a ex-companheira nas pernas.

A GNR chegou ao local poucos minutos após os disparos terem sido efetuados, tendo detido o suspeito, que não ofereceu resistência.

As autoridades apreenderam ainda a arma que terá sido utilizada no crime.

O caso foi entregue à Polícia Judiciária do Porto e o indivíduo deverá ser presente na terça-feira a Tribunal.

A vítima, que foi transportada para o Hospital da Santa Maria da Feira em estado grave, está "estável e ficará em vigilância pela natureza dos ferimentos", confirmou à Lusa fonte hospitalar.

"Neste momento, a senhora está estável e ficará em vigilância pela natureza dos ferimentos", lê-se numa resposta à Lusa do Hospital de Santa Maria da Feira, que confirmou que a vítima deu entrada no Serviço de Urgência daquela instituição hospitalar.

Lusa

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, um cachalote-pigmeu com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto à margem norte do Rio Tejo. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Em atualização

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.