sicnot

Perfil

País

Acidentes nas estradas provocaram 14 mortos na primeira semana de agosto

Catorze pessoas morreram em acidente nas estradas portuguesas, na primeira semana de agosto, totalizando 291 vítimas mortais desde o início do ano, indicou hoje a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

A ANSR adianta que a GNR registou, de 01 a 07 de agosto, na sua área de atuação, 12 mortos e 51 feridos graves, enquanto os acidentes rodoviários nas zonas patrulhadas pela PSP causaram dois mortos e cinco feridos graves.

Segundo a ANSR, o número de mortos nas estradas portuguesas aumentou este ano quase 13 por cento em relação ao mesmo período de 2014.

A ANSR indica que os acidentes rodoviários provocaram, entre 01 de janeiro e 07 de agosto, 291 mortos, mais 33 do que em igual período do ano passado, quando morreram 258.

O número de acidentes também aumentou 5,2 por cento este ano, registando a ANSR 71.436 desastres, mais 3.575 do que em 2014, quando ocorreram 67.861.

Os distritos com maior número de mortos, até 07 de agosto, foram Porto (33), Lisboa (31) e Aveiro (30).

Bragança é o distrito com menos vítimas mortais, tendo os desastres provocado duas mortes, avançam os dados da Segurança Rodoviária.

De acordo com a ANSR, 1.271 pessoas ficaram gravemente feridas este ano, em consequências dos acidentes, mais 57 do que no mesmo período de 2014.

Também os feridos ligeiros aumentaram ligeiramente até 07 de agosto, tendo sofrido ferimentos ligeiros 21.266 pessoas, enquanto, em 2014, se tinha registado 21.062.

Os dados da ANSR dizem respeitos às vítimas cujo óbito é declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.

Lusa

  • Eduardo Cabrita nomeado ministro da Administração Interna

    País

    O primeiro-ministro propôs esta quarta-feira ao Presidente da República a nomeação de Eduardo Cabrita para o cargo de ministro da Administração Interna e de Pedro Siza Vieira para ministro Adjunto do primeiro-ministro. A tomada de posse realiza-se no sábado às 09:00.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08