sicnot

Perfil

País

Governo abre hoje mais 103 Espaços do Cidadão em postos dos CTT

O Governo vai abrir hoje mais 103 Espaços do Cidadão na rede de lojas dos CTT -- Correios de Portugal, que acrescem aos 24 implementados em 2013 para complementar a oferta de atendimento aos serviços da Administração Pública.

Segundo fonte do gabinete do ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, os novos Espaços do Cidadão localizam-se um pouco por todo o território nacional, destacando-se os distritos de Évora (12), Setúbal (12), Faro (11), Beja (10) e Lisboa (10).

O distrito de Portalegre vai receber nove espaços, seguindo-se Bragança e Guarda (8 cada), Viseu (6), Viana do Castelo (5), Vila Real (4), Braga (3), Santarém (2), Castelo Branco, Leiria e Porto (1 cada).

"Até final de 2015 serão instalados mais 73 e em 2016 serão mais 100" Espaços do Cidadão, anunciou a mesma fonte.

A parceria entre o Governo e os CTT começou no final de 2013 ao abrigo de um projeto-piloto que implementou 24 Espaços do Cidadão em estações dos correios, inicialmente em Lisboa e depois no resto do país.

"No período de um ano de funcionamento, o conjunto das lojas que receberam este piloto registaram cerca de 40.000 atendimentos", informou o gabinete do ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro.

Os Espaços do Cidadão visam aproveitar a oferta de serviços públicos 'online' da Administração Pública para, através de parcerias com autarquias ou lojas dos CTT, prestar um atendimento digital assistido a pessoas que têm dificuldade em lidar com novas tecnologias.

A criação de uma rede de Espaços do Cidadão enquadra-se na Estratégia de Reorganização dos Serviços de Atendimento da Administração Pública, através do Programa Aproximar, que tem por objetivo "fazer a racionalização do território, aproveitando as potencialidades da tecnologia".

Em janeiro deste ano, foi assinado um protocolo entre os CTT e a AMA -- Agência para a Modernização Administrativa, prevendo a instalação de 300 Espaços do Cidadão nos postos de correio: 200 no ano em curso e mais 100 em 2016.

De acordo com a mesma fonte, no primeiro semestre de 2015, a AMA formou 204 funcionários dos CTT para poderem "prestar um serviço de atendimento digital aos cidadãos em cerca de 160 serviços públicos", prevendo-se que, a curto prazo, sejam mais de 200 os serviços disponíveis.

Nos Espaços do Cidadão, é possível, com uma única senha e ajuda de um funcionário, tratar de assuntos como requisição de certidões, pedido do cartão europeu de seguro de doença, renovação da carta de condução ou mudança de residência no Cartão o Cidadão.

Adicionalmente, a rede dos Espaços do Cidadão está a ser desenvolvida em parceria com os municípios.

Desde maio do ano passado, foram celebrados, 167 protocolos com câmaras municipais para a instalação de 545 Espaços do Cidadão em parceria com municípios, cobrindo o território de 20 Comunidades Intermunicipais e duas Áreas Metropolitanas.

Foi também assinado um protocolo com uma entidade da Administração Central - O Alto Comissariado para as Migrações - para a instalação de dois Espaços do Cidadão, um em Lisboa e outro no Porto.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31