sicnot

Perfil

País

António Costa pede desculpa pelos episódios com os cartazes do PS

O secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa, pede desculpa, numa entrevista à revista Visão, pelos vários episódios com os cartazes do PS

O líder socialista diz que se tratou de "uma sucessão de equívocos, um caso lamentável". (Arquivo)

O líder socialista diz que se tratou de "uma sucessão de equívocos, um caso lamentável". (Arquivo)

MIGUEL A. LOPES / Lusa

O líder socialista diz que se tratou de "uma sucessão de equívocos, um caso lamentável" e arruma o assunto, sem explicações sobre o que aconteceu, afirmando que "esta campanha oferece temas de debate mais importantes que os cartazes".

Na entrevista à Visão, que será publicada esta quinta-feira, António Costa deixa ainda uma clara preferência por Sampaio da Nóvoa.

O secretário-geral do PS diz que já há um candidato assumido, próximo da família socialista, e que esse candidato, chamado Sampaio da Nóvoa, é uma pessoa por quem tem muita estima. Sobre Maria de Belém, diz entender que um candidato presidencial não tem que ser militante de um partido.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.