sicnot

Perfil

País

Enfermeiros do Algarve hoje em greve

Hoje a greve dos enfermeiros afeta a região do Algarve. Os profissionais de saúde exigem melhores salários.

Depois de Lisboa, na quarta-feira, ontem foi a vez dos enfermeiros da zona do Alentejo paralisarem.

O sindicato dos enfermeiros avança que a greve nos hospitais e centros de saúde na região do Alentejo teve uma adesão de cerca de 70 %.

O Sindicato exige do governo uma contraproposta de revisão salarial, mas por causa da greve, o Ministério da Saúde suspendeu as negociações.

  • Enfermeiros cumprem segundo dia de greve
    0:35

    País

    Depois de Lisboa e Vale do Tejo, os enfermeiros cumprem o segundo dia de greve. Amanhã, a paralisação realiza-se no Algarve e, posteriormente, no centro e norte do país. O Sindicato exige do Governo uma contraproposta de revisão salarial, mas por causa greve o Ministério da Saúde suspendeu as negociações com os sindicatos.

  • Greve dos enfermeiros com adesão perto dos 80%, segundo os sindicatos
    2:03

    País

    Segundo os dados do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, a greve na Região de Lisboa e Vale do Tejo teve uma adesão de 77,3%.Os profissionais, que exigem uma revisão salarial, estenderam a paralisação para dia 12 no Alentejo e dia 13 no Algarve. Entretanto, o Ministério da Saúde esclareceu em comunicado que, devido às greves, as negociações com os sindicatos ficam suspensas.

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07