sicnot

Perfil

País

PSP identificou em Gondomar suspeitos de venderem azulejo em vez de telemóveis

A PSP anunciou esta sexta-feira ter identificado, em São Cosme, Gondomar, dois suspeitos de burla que vendiam azulejo em vez de telemóveis numa feira, tendo apreendido, entre outros objetos, uma máquina de corte de tijoleira.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Michael Kooren / Reuters

Em declarações à Lusa, fonte do Comando Metropolitano da PSP do Porto esclareceu que os dois homens, de 26 e 38 anos, "mostravam os telemóveis" aos potenciais compradores, "negociavam o valor" da venda e, depois, entregavam ao cliente "um pedaço de tijoleira cortado à medida do telemóvel, envolvido em papel e colocado dentro de uma bolsa preta".

A mesma fonte explicou que os homens foram "intercetados nas imediações da feira" na sequência da "denúncia de alguém que tinha sido enganado" e que só não foram detidos por "não terem sido apanhados em flagrante delito".

Na operação desenvolvida pela Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial da Divisão de Gondomar foram apreendidos "dois telemóveis, três pedaços de azulejo cortado à medida dos telemóveis apreendidos, 17 bolsas e uma máquina de corte de azulejo e tijoleira", acrescenta a PSP.

Em comunicado, o Comando Metropolitano da PSP do Porto refere ainda ter identificado um vendedor ambulante e um desempregado, residentes no Porto, suspeitos de burla por venderem "placas de azulejo dentro de bolsas como se de telemóveis se tratassem".

Os homens foram "intercetados na rua Padre Andrade e Silva, em São Cosme, Gondomar", distrito do Porto, "nas proximidades da feira semanal de Gondomar, na sequência de informações dando conta de que andavam a burlar pessoas", acrescenta a PSP.

De acordo com a PSP, os suspeitos estão "referenciados" por aquela força policial "pela prática concertada" daqueles crimes.

Lusa

  • Polícia belga deteve homem que conduzia entre a multidão em Antuérpia

    Mundo

    Foi hoje detido um homem que conduzia a alta velocidade no meio da multidão numa zona comercial de Antuérpia, na Bélgica. O suspeito já foi identificado, é francês e tinha várias armas no carro. As autoridades francesas suspeitam que o homem estava bêbedo e a tentar escapar à polícia, mas as autoridades belgas ainda não confirmaram esta versão.

    Em desenvolvimento

  • Neve corta estradas em Viseu
    2:04
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • As vantagens de comprar online
    8:03