sicnot

Perfil

País

Maria de Belém confirma candidatura à Presidência da República

A ex-presidente do PS Maria de Belém anunciou hoje que se vai candidatar às eleições presidenciais de 2016.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

LUSA

"Apresentarei publicamente a minha candidatura após as eleições legislativas de 04 de outubro", disse Maria de Belém numa nota enviada à agência Lusa, acrescentando que já comunicou a sua intenção ao secretário-geral do PS, António Costa.

Na mesma nota, a ex-ministra da Saúde refere que "a prioridade para o Partido Socialista, neste momento, são as eleições legislativas", mas justifica o seu anúncio hoje "para evitar especulações" e pelo respeito que lhe merecem as pessoas que lhe têm manifestado o seu apoio.

Maria de Belém Roseira, 66 anos, natural do Porto, jurista, foi presidente do PS entre 2011 e 2014 e integrou os governos liderados por António Guterres como ministra da Saúde e ministra para a Igualdade.

O anúncio de Maria de Belém surgiu poucas horas depois de o secretário-geral do PS ter reiterado que os socialistas estão concentrados nas eleições legislativas e não nas presidenciais, uma declaração que fez quando estava precisamente ao lado de Maria de Belém.

"Temos um calendário de prioridades e aquilo que neste momento nos empolga são as eleições legislativas. Acho que estarmos aqui todos, e a doutora Maria de Belém, é um bom sinal de que o que nos está a concentrar a todos são mesmo as eleições legislativas", afirmou António Costa aos jornalistas, à saída do Palácio de Justiça, em Lisboa, onde entregou as listas de candidatos por Lisboa às legislativas de 04 de outubro.

Depois de no sábado ter afirmado que nada a impediria de pensar para lá das legislativas, Maria de Belém, ao lado de António Costa na entrega das listas, declarou que "agora é o tempo das legislativas".

"Estou aqui para integrar, como membro suplente, as listas para deputados", disse hoje de manhã aos jornalistas.

António Costa reforçou que "no momento próprio" o PS pronunciar-se-á sobre as presidenciais, tendo na semana passada, numa entrevista à revista Visão, afirmado que Sampaio da Nóvoa é um candidato presidencial "próximo da família socialista".

No sábado, seis elementos da designada Associação Cívica Portugal Melhor, constituído por uma centena de cidadãos, reuniram-se com Maria de Belém para lhe pedirem que se candidate por considerarem que é "uma cidadã de exemplar vida cívica, de reconhecida e vasta experiência política, nacional e internacional, e de constante dedicação ao bem comum".

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51