sicnot

Perfil

País

Rapaz de 11 anos identificado pela PJ por suspeita de incêndio florestal

A Polícia Judiciária anunciou hoje a identificação de um rapaz de 11 anos suspeito da autoria de um incêndio florestal ocorrido na sexta-feira em Silvares, concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

LUSA

Em comunicado enviado à agência Lusa, a PJ afirma que a criança é suspeita de ter ateado o incêndio, com recurso a um isqueiro, num terreno com abundante vegetação seca e rasteira, perto de uma moradia e de uma zona florestal de pinheiros bravos e alguns eucaliptos.

A investigação, a cargo do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, não permitiu determinar "qualquer motivação racional ou explicação plausível" para a atitude do rapaz, adianta.

"Apenas a pronta deteção do início do fogo por parte de alguns populares permitiu um rápido e eficaz combate do mesmo", frisa a PJ, referindo que as chamas foram primeiro combatidas pelos populares e depois pelos bombeiros, intervenções que impediram que o incêndio "atingisse proporções de maior relevo".

No texto, a Polícia Judiciária esclarece que dada a idade do presumível autor do incêndio não haverá lugar a um processo-crime, mas a lei permite a possibilidade se ser instaurado "um específico processo tutelar educativo", tendo o inquérito sido remetido às autoridades judiciais da comarca de Castelo Branco.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.