sicnot

Perfil

País

Rapaz de 11 anos identificado pela PJ por suspeita de incêndio florestal

A Polícia Judiciária anunciou hoje a identificação de um rapaz de 11 anos suspeito da autoria de um incêndio florestal ocorrido na sexta-feira em Silvares, concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

LUSA

Em comunicado enviado à agência Lusa, a PJ afirma que a criança é suspeita de ter ateado o incêndio, com recurso a um isqueiro, num terreno com abundante vegetação seca e rasteira, perto de uma moradia e de uma zona florestal de pinheiros bravos e alguns eucaliptos.

A investigação, a cargo do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, não permitiu determinar "qualquer motivação racional ou explicação plausível" para a atitude do rapaz, adianta.

"Apenas a pronta deteção do início do fogo por parte de alguns populares permitiu um rápido e eficaz combate do mesmo", frisa a PJ, referindo que as chamas foram primeiro combatidas pelos populares e depois pelos bombeiros, intervenções que impediram que o incêndio "atingisse proporções de maior relevo".

No texto, a Polícia Judiciária esclarece que dada a idade do presumível autor do incêndio não haverá lugar a um processo-crime, mas a lei permite a possibilidade se ser instaurado "um específico processo tutelar educativo", tendo o inquérito sido remetido às autoridades judiciais da comarca de Castelo Branco.

Lusa

  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.