sicnot

Perfil

País

Pescador morre em naufrágio na Figueira da Foz

Em atualização

Um pescador morreu e quatro outros foram resgatados com vida após um naufrágio ao largo da Figueira da Foz. A embarcação de pesca costeira artesanal e naufragou a cerca de 15 quilómetros da costa.

Arquivo

Arquivo

INACIO ROSA/ LUSA

De acordo com o comandante Paulo Vicente, porta-voz da Marinha, os quatro pescadores foram resgatados por uma outra embarcação de pesca, enquanto o que morreu foi encontrado pelo salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos instalado na Figueira da Foz, distrito de Coimbra.

Os quatro pescadores que sobreviveram chegaram às 15:05 ao porto de pesca local e foram assistidos por elementos do INEM.

A vítima mortal já tinha chegado ao Porto de Pesca da Figueira da Foz.

Um naufrágio 13 milhas (21 quilómetros) a sudoeste do Porto da Figueira da Foz provocou hoje um morto. Quatro outros pescadores foram resgatados com vida.

O incidente, de acordo com o comandante do Porto da Figueira da Foz, Paulo Inácio, terá ocorrido às 11:40.

As causas, de acordo com a mesma fonte, ainda são desconhecidas, mas, "aparentemente, o mar não terá sido o causador" do naufrágio da embarcação "Ruben e Bruna", registado nas Caxinas, Vila do Conde, distrito do Porto.

A vítima mortal será o mestre desta embarcação, adiantou a fonte.

No Porto de Pesca, a aguardar os pescadores, estavam quatro ambulâncias e mais duas viaturas do INEM.

Com Lusa

  • Pescador desaparecido na Figueira da Foz
    0:50

    País

    Uma embarcação de pesca virou ao largo da Figueira da Foz. Quatro pescadores foram resgatados, com vida, por outra embarcação. Há ainda um homem desaparecido. O Comandante dos Bombeiros da Figueira da Foz deu alguns detalhes do que aconteceu.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15