sicnot

Perfil

País

Treze concelhos de cinco distritos em risco máximo de incêndio

Treze concelhos dos distritos de Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Guarda e Aveiro apresentam esta quinta-feira risco máximo de incêndio, segundo informação disponível na página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na Internet.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

De acordo com o IPMA, em risco máximo de incêndio estão os concelhos de Vila de Rei, Sertã, Oleiros (Castelo Branco), Pampilhosa da Serra, Arganil, Góis e Miranda do Corvo (Coimbra),Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande, Lousã (Leiria), Sabugal e Trancoso (Guarda) e Arouca (Aveiro).

O IPMA colocou também em risco muito elevado e elevado de incêndio vários concelhos de todos os distritos de Portugal continental com exceção de Lisboa.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade nas regiões sul e interior centro durante a tarde e vento fraco, soprando temporariamente moderado durante a tarde, de noroeste no litoral oeste e nas terras altas e de sueste na costa sul do Algarve.

Está também prevista neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais do litoral e pequena subida de temperatura.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre os 19 e os 34 graus Celsius, no Porto entre 15 e 27, em Bragança entre 15 e 34, em Viseu entre 17 e 34, na Guarda entre 18 e 31, em Coimbra entre 17 e 32, em Leiria entre 14 e 30, em Castelo Branco entre 19 e 36, em Portalegre entre 21 e 36, em Santarém entre 17 e 36, em Évora entre 18 e 36, em Beja entre 19 e 36 e em Faro entre 20 e 29.

Lusa

  • Os efeitos dos incêndios na natureza
    2:46

    País

    Cheias frequentes, erosão dos solos e contaminação dos rios e albufeiras são as previsões unânimes da comunidade científica para os próximos tempos, na sequência dos incêndios florestais. À SIC, o hidrobiólogo Adriano Bordalo Sá e o investigador de recursos florestais Rui Cortes alertam: é necessário começar a tratar da terra queimada o mais rapidamente possível.

  • Número de vítimas mortais dos incêndios sobe para 45

    País

    Uma pessoa que estava internada no Hospital da Prelada, Porto, na sequência dos incêndios do dia 15 nas regiões Centro e Norte, morreu hoje, anunciou a unidade hospitalar, subindo assim para 45 o número de vítimas mortais daqueles fogos.

    Última Hora

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Achado inédito encontrado na nau de Vasco da Gama naufragada em Omã

    Mundo

    Uma equipa de investigadores afirma ter encontrado, ao largo da costa de Omã, o mais antigo instrumento de navegação alguma vez descoberto. O achado arqueológico é um astrolábio e terá sido localizado no meio do que resta da nau Esmeralda, da frota de Vasco da Gama, naufragada no Oceano Índico em 1503.

    SIC

  • "Isto destrói famílias"
    0:46
  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.