sicnot

Perfil

País

Bombeiros retomam buscas por homem desaparecido em Castelo de Bode

As buscas por um homem desaparecido, na quinta-feira, nas águas da albufeira de Castelo do Bode vão ser retomadas ao início da manhã desta sexta-feira com duas embarcações e seis operacionais, disse à Lusa fonte do CDOS de Santarém.

"O indivíduo foi avistado pela última vez a atravessar a nado um dos braços da albufeira, estando desaparecido desde então", informaram os bombeiros. (Arquivo)

"O indivíduo foi avistado pela última vez a atravessar a nado um dos braços da albufeira, estando desaparecido desde então", informaram os bombeiros. (Arquivo)

reuters

Segundo disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, a equipa que vai iniciar as buscas, composta por bombeiros de Abrantes e Tomar, "já se encontra a caminho do local (7:35)", sendo expectável que as buscas se iniciem "a qualquer momento".

Seis mergulhadores apoiados por duas embarcações compõem a equipa que vai participar inicialmente na operação de buscas.

Segundo disse à Lusa o comando da corporação dos Bombeiros Voluntários de Abrantes, um homem, na casa dos 60 anos de idade, terá desaparecido nas águas da albufeira de Castelo do Bode, em Cabeça Ruiva, freguesia de Fontes, no concelho de Abrantes, ao final da tarde de quinta-feira.

"O indivíduo foi avistado pela última vez a atravessar a nado um dos braços da albufeira, estando desaparecido desde então", informaram os bombeiros.

Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite