sicnot

Perfil

País

Mais pedagogia e menos repressão, polícias começam protesto

As estruturas sindicais da Polícia de Segurança Pública apelaram para que a partir de hoje e até final de setembro os polícias façam "mais pedagogia" e "menos repressão". É um protesto contra a falta de aprovação às alterações ao Estatuto profissional.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

Trata-se de uma das medidas decididas pela Associação Sindical dos Profissionais de Polícia/Polícia de Segurança Pública (ASPP/PSP), pelo Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP/PSP), Sindicato Independente dos Agentes da Polícia (SIAP) e Sindicato Vertical de Carreiras da Polícia (SVCP), numa reunião conjunta, realizada na semana passada, em Lisboa.

"Vamos apelar aos colegas para que, até final de setembro, se cinjam a fazer mais prevenção ou exclusivamente prevenção e repressão zero, desde que não esteja em causa o maior interesse público ou a vida de qualquer cidadão, porque é preciso que os polícias deem um sinal claro de que não podem concordar com um Governo que diz e não faz, que se compromete e não cumpre", disse, na altura à imprensa o dirigente da ASPP/PSP, Paulo Rodrigues.

Em causa está o facto de o Governo continuar sem aprovar as alterações ao Estatuto da Polícia, um documento com que, segundo Paulo Rodrigues, o executivo se comprometeu há quatro anos e que continua por viabilizar apesar de haver um memorando concluído desde julho.

Ações de protesto, entre as quais manifestações, a realizar a partir de 31 de agosto e todo o mês de setembro, "um pouco por todo o país", foram outras das ações decididas pelas quatro estruturas sindicais que, segundo o dirigente da ASPP/PSP, representam mais de 80% dos polícias.

Já depois de anunciadas as medidas decididas por aquelas associações sindicais, a ministra da Administração Interna, Anabela Rodrigues, disse, em Viana do Castelo, que o "processo legislativo" do Estatuto da PSP "estará terminado até final do mês de agosto".

No memorando assinado entre o MAI e quatro sindicatos da PSP ficou estabelecido que os polícias mantinham as 36 horas de trabalho e passavam a ter uma nova tabela remuneratória, que permitiria um aumento de salário até 50 euros, além de permitir que a passagem à pré-aposentação passe a ser automática aos 55 anos de idade e 36 anos de serviço e a reforma aos 60 anos sem qualquer penalização.

Lusa

  • Polícias vão protestar todos os dias até às eleições legislativas
    2:10

    País

    Os polícias vão fazer uma espécie de greve de zelo às multas na próxima segunda-feira, dia 24 de agosto. É a primeira de uma sucessão de ações de protesto diárias, até às eleições legislativas, que quatro sindicatos aprovaram esta terça-feira, e vão realizar por todo o país até final de setembro.

  • Polícias fazem greve de zelo às multas na próxima 2ª feira
    1:57

    País

    Os polícias vão fazer uma espécie de greve de zelo às multas na próxima segunda-feira, dia 24 de agosto. É a primeira de uma sucessão de ações de protesto diárias que os sindicatos de polícia aprovaram hoje e vão realizar por todo o país até final de setembro. Os agentes da PSP contestam a não aprovação em Conselho de Ministros das alterações ao Estatuto da PSP assinado pelo governo.

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.