sicnot

Perfil

País

Turista que morreu na ilha do Corvo era portuguesa e tinha 33 anos

A turista que morreu hoje num acidente de viação na ilha do Corvo, nos Açores, tinha 33 anos e é de nacionalidade portuguesa, disse à Lusa fonte da Proteção Civil regional.

"A vítima mortal era portuguesa e tinha 33 anos", disse a fonte.

Segundo a mesma fonte, o acidente provocou também seis feridos, com idades compreendidas entre 19 e 55 anos, sendo que um está em estado grave.

O ferido grave vai ser transferido para o hospital de Ponta Delgada, São Miguel.

A vítima mortal vai ser transportada para a morgue da ilha das Flores, segundo a mesma fonte.

Segundo a fonte da Proteção Civil regional, o acidente com uma carrinha de turistas ocorreu na sequência de um despiste na estrada que liga a Vila do Corvo ao Caldeirão.

Para o local foram enviadas duas equipas médicas, uma desde a Terceira e outra desde a ilha das Flores.

No total, foram mobilizados três médicos, três enfermeiros e quatro bombeiros com formação pré-hospitalar, assim como um helicóptero da Forças Aérea.

O Corvo, onde vivem 400 pessoas, é a ilha mais pequena dos Açores.

Lusa

  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08
  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Cogumelos alucinogénios entre as drogas mais seguras

    Mundo

    Os cogumelos alucinogénios são considerados uma das drogas mais seguras, quando consumidos para fins recreativos. A conclusão é avançada no Global Drug Survey, um estudo anual divulgado esta quarta-feira sobre os hábitos de consumo de drogas de quase 120 mil pessoas em 50 países.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.