sicnot

Perfil

País

Homem morre afogado em praia não vigiada da zona do Pedrógão em Leiria

Um homem de 70 anos morreu hoje afogado numa praia não vigiada da zona do Pedrógão, no concelho de Leiria, disse à agência Lusa o comandante do porto da Figueira da Foz, Paulo Inácio.

Segundo Paulo Inácio, "a norte do Casal Ventoso, no Pedrógão, um homem de 70 anos foi encontrado inanimado por outros banhistas, tendo sido assistido por nadadores-salvadores e, posteriormente, com a chegada do INEM foi declarado o óbito".

Os nadadores salvadores encontravam-se na praia do Pedrógão e acorreram de imediato, fazendo manobras de reanimação, referiu.

"Há infelizmente mais uma vítima mortal a lamentar numa zona não vigiada", afirmou o comandante, que recomenda e sensibiliza os banhistas "para que optem por praias vigiadas", pois situações como a de hoje "podem ter um desfecho diferente".

A vítima é da zona do Pedrógão, adiantou Paulo Inácio, explicando que na área de jurisdição da Capitania da Figueira da Foz esta é a primeira vítima mortal na presente época balnear.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria adiantou que o alerta para o afogamento ocorreu cerca das 17:45, tendo acorrido, além do INEM, os bombeiros Municipais e Voluntários de Leiria, e a Capitania do Porto de Peniche, com um total de quatro veículos e nove operacionais.

Lusa

  • Merkel visita Portugal no final de maio

    País

    A chanceler alemã, Angela Merkel, efetua uma visita oficial a Portugal nos dias 30 e 31 deste mês a convite do primeiro-ministro, António Costa. Com passagem por Braga, Porto e Lisboa.

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.