sicnot

Perfil

País

Menina de 18 meses em estado grave devido a acidente em piscina na Nazaré

Uma menina de 18 meses foi hoje transportada para o Hospital Pediátrico de Coimbra, com diagnóstico muito reservado, na sequência de um pré-afogamento numa piscina na Nazaré, informaram os bombeiros.

O alerta do acidente foi dado às 12:56, numa piscina "de uma residência particular, no Sítio, ficando a criança em estado muito grave", disse à agência Lusa João Estrelinha, comandante dos bombeiros da Nazaré.

A bebé, de nacionalidade francesa e filha de pais portugueses, "foi transportada para o Hospital de Leiria, acompanhada pela Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER)" daquele hospital, acrescentou a mesma fonte.

A vítima acabou, no entanto, por ser "transferida para o Hospital Pediátrico de Coimbra com diagnóstico muito reservado", confirmou à Lusa o Serviço de Urgência Pediátrica do Centro Hospitalar de Leiria.

No local estiveram três viaturas e sete operacionais, entre bombeiros, equipa da VMER e PSP.

Lusa

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.