sicnot

Perfil

País

Governo abre concurso para funcionários nas escolas

Governo abre concurso para funcionários nas escolas

O Foverno abriu concurso para a entrada de funcionários nas escolas. O processo foi classificado de urgente mas, ainda assim, os diretores das escolas dizem que o processo é demasiado burocrático e têm percebido o interesse por parte de pessoas com muitas habilitações.

  • Promessas e inaugurações com as eleições à porta
    2:21

    País

    Quando se aproxima a passos largos uma campanha eleitoral, os partidos que estão no governo somam inaugurações onde se ouvem promessas. Os partidos que estão na oposição criticam, os ministros dizem quase sempre que a inauguração não é eleitoralista, ou estava prevista há muito ou deve-se a um factor que a marca para aquela data. Esta semana, o ministro da Educação anunciou obras em várias escolas. Enquanto isso, a Ministra da Saúde inaugurou o serviço de cirurgia requalificado em Portalegre e na agricultura a fica a promessa da antecipação de pagamentos aos agricultores.

  • 7 milhões de euros para as obras no Conservatório Nacional
    1:42

    País

    O Governo prevê gastar 7 milhões de euros para recuperar as escolas de música e dança do Conservatório Nacional. A Parque Escolar já avaliou os espaços e o ministro da Educação Nuno Crato visitou hoje os edifícios, mas as obras só deverão avançar no próximo ano.

  • Mais de 1600 ações de fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado efetuou mais de 1600 ações de fiscalização a Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público (MP). Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33