sicnot

Perfil

País

Homem morre afogado na praia da Nazaré

Um homem morreu hoje afogado na praia da Nazaré, distrito de Leiria, disse à agência Lusa o comandante da capitania do porto local.

"A vítima aparenta ter entre 45 e 50 anos, mas neste momento [pelas 20:00] ainda não conseguimos identificá-la", afirmou Lourenço Gorricha, explicando que o homem "morreu na zona próxima do Promontório".

Lourenço Gorricha adiantou que pela informação de que dispõe, "o afogamento aconteceu numa zona não vigiada", ressalvando contudo que "carece de confirmação".

"Os nadadores-salvadores acorreram de imediato e foram eles que tiraram o homem da água", referiu o responsável, acrescentando que esta é a primeira vítima mortal na área de intervenção da Capitania do Porto da Nazaré nesta época balnear.

O alerta chegou às autoridades às 18:35 que fizeram deslocar ao local quatro viaturas com oito operacionais, dos Bombeiros Voluntários da Nazaré, INEM e Polícia Marítima.

Esta é a segunda morte numa praia do distrito de Leiria em dois dias.

Na quarta-feira, um homem morreu afogado numa praia não vigiada da zona do Pedrógão, no concelho de Leiria, revelou o comandante do porto da Figueira da Foz, Paulo Inácio.

Segundo Paulo Inácio, "a norte do Casal Ventoso, no Pedrógão, um homem de 70 anos foi encontrado inanimado por outros banhistas, tendo sido assistido por nadadores-salvadores e, posteriormente, com a chegada do INEM foi declarado o óbito".

Os nadadores salvadores encontravam-se na praia do Pedrógão e acorreram de imediato, fazendo manobras de reanimação, esclareceu.

Na área de jurisdição da Capitania da Figueira da Foz esta foi a primeira vítima mortal na presente época balnear.

Lusa

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC