sicnot

Perfil

País

Santana Lopes anuncia que não será candidato à Presidência da República

O antigo primeiro-ministro e líder do PSD Pedro Santana Lopes, atual provedor da Santa Casa da Misericórdia, anunciou hoje que não será candidato à Presidência da República, num comunicado enviado à Agência Lusa.

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

LUSA

"Não serei candidato à Presidência da República nas próximas eleições. Tomei esta decisão, considerando os meus deveres enquanto Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e, também, as minhas responsabilidades profissionais", justifica Santana Lopes, invocando igualmente como relevante a importância de manter a disponibilidade para a sua família.

Santana Lopes, que em janeiro tinha afirmado que poderia ser candidato às eleições presidenciais do próximo ano, justifica o anúncio, hoje, da sua não candidatura por esta decisão nada ter a ver com o resultado das próximas legislativas.

"Deixar a divulgação desta decisão para depois de 04 de outubro nunca permitiria esclarecer uma provável dúvida desse teor", sublinha, acrescentando que seja a decisão negativa "em nada perturba, nem mistura, só clarifica".

  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    A situação económica e financeira foi o tema escolhido pelo Governo, mas a polémica da descida da Taxa Social Única dominará certamente a discussão na Assembleia da República. Veja aqui em direto e participe no Minuto a Minuto Parlamento Global/SIC.

    Direto

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.