sicnot

Perfil

País

Detido em Leiria idoso que não regressou à prisão após saída precária em 1997

Um homem de 89 anos, que depois de uma saída precária, em novembro de 1997, não regressou ao Estabelecimento Prisional da Covilhã, no distrito de Castelo Branco, foi detido pela PSP em Leiria.

© Darrin Zammit Lupi / Reuters

Num comunicado, a PSP de Leiria informa que deteve na tarde de quinta-feira "um homem com 89 anos" contra o qual existia "mandado de detenção e condução emitido pelo Tribunal Judicial de Coimbra".

"O detido encontrava-se em ausência ilegítima desde o dia 03 de novembro de 1997 do Estabelecimento Prisional da Covilhã, após concessão de saída precária", adianta a PSP, explicando que o arguido foi "entregue ao Estabelecimento Prisional de Leiria para cumprimento do remanescente de pena de 10 anos e 6 meses de prisão efetiva".

À Lusa, o Comando Distrital de Leiria da PSP informou que o homem foi detido "junto ao hospital de Santo André", não tendo oferecido resistência.

"Desconhecia-se a sua atual morada", refere o comando, esclarecendo que o detido foi condenado pelo crime de homicídio.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22