sicnot

Perfil

País

Morreu jovem de 23 anos ferido com gravidade na Quinta do Conde

O homem, de 23 anos, ferido com gravidade no tiroteio ocorrido hoje na Quinta do Conde, concelho de Sesimbra, acabou por falecer no Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, revelou à agência Lusa fonte hospitalar.

MIGUEL A. LOPES

"Confirma-se o óbito do ferido grave de 23 anos", disse a fonte do Hospital de S. Bernardo, escusando-se a revelar mais pormenores.

Quanto ao outro ferido transportado para o mesmo hospital, o homem, de 77 anos, que foi o alegado autor do tiroteio que provocou outros dois mortos, continua naquela unidade, mas "não corre risco de vida", limitou-se a acrescentar a fonte.

A GNR foi alertada para o tiroteio, numa rua na Quinta do Conde, por volta das 17:00, tendo mobilizado várias patrulhas para o local.

Quando chegaram, segundo o tenente-coronel Jorge Goulão, do Comando Territorial de Setúbal, os militares encontraram "um indivíduo já cadáver e outro ferido", ambos "baleados com tiros de caçadeira".

Essa vítima mortal é um elemento da PSP, fora de serviço, que ouviu tiros e foi abatido quando se dirigiu ao local, revelou à Lusa o presidente do Sindicato Nacional de Polícia (SINAPOL), Armando Ferreira.

Quando os militares da GNR tentavam socorrer o ferido, o jovem de 23 anos, sem que o alegado autor do tiroteio fosse visível na zona, um tiro de caçadeira disparado do interior de uma residência "baleou mortalmente" um GNR, de 25 anos, do Comando Territorial de Setúbal.

De acordo com a mesma fonte da GNR, o tiro foi disparado pelo homem de 77 anos, o qual, perante a intervenção da Guarda, terá acabado "por tentar o suicídio, com um tiro de caçadeira nele próprio", ficando ferido e sendo detido e transportado para o Hospital de Setúbal.

A GNR escusou-se, de momento, a precisar o que terá motivado este tiroteio: "Ainda não sabemos, estamos a apurar as causas", afirmou o tenente-coronel Goulão.

Lusa

  • Dois mortos e 2 feridos em troca de tiros esta tarde na Quinta do Conde
    3:56

    País

    Um tiroteio na Quinta do Conde, em Sesimbra, fez esta tarde dois mortos e dois feridos graves.Uma das vítimas mortais é um militar da GNR, com 25 anos e que foi chamado à ocorrência.A outra vítima é um agente da PSP que estava à civil naquele local e decidiu intervir.Há ainda dois feridos, o alegado homicida, de 77 anos, e um filho que também foi alvejado.O agressor terá tentado suicidar-se durante a detenção.Os dois estão no Hospital de São Bernardo, em Setúbal.Na origem dos homicídios estará um desentendimento entre vizinhos, por causa de cães.

  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Homem suspeito de matar a mulher em Esmoriz

    País

    Um homem é suspeito de ter esfaqueado este sábado mortalmente a mulher em Esmoriz, concelho de Ovar, num contexto de violência doméstica, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.