sicnot

Perfil

País

Antral acusa membros do Governo de ligações à Uber

Antral acusa membros do Governo de ligações à Uber

A Antral vai enviar hoje uma carta a todos os taxistas associados, para se juntem num protesto agendado para dia 8 de setembro. Será a primeira iniciativa marcada para este mês contra a Uber. Os taxistas prometem manifestações diárias, caso as viaturas concorrentes não deixem de circular. À SIC, a associação acusou elementos do governo de estarem ligados a esta plataforma.

  • Taxistas anunciam protestos contra a Uber
    1:54

    País

    Os taxistas anunciam protestos contra a Uber, já para o próximo mês de setembro. A Uber foi impedida pelo tribunal de operar em Portugal, mas segundo a ANTRAL continua a trabalhar da mesma forma. Os motoristas de táxi prometem por isso ir para a rua e até de forma mais radical se for necessário.

  • Uber denuncia agressões de taxistas
    3:43

    País

    A Uber confirma que já houve duas agressões a motoristas parceiros, ao serviço da transportadora. O diretor-geral da filial portuguesa da empresa de transportes de passageiros desdramatiza e recusa responder diretamente às provocações da ANTRAL, a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros.

  • DIRETO: Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona é de Lisboa e há uma outra portuguesa, a sua neta, desaparecida. Esta madrugada em Cambrils, cinco suspeitos foram abatidos e outra pessoa acabou por morrer, num segundo ataque. Há quatro detenções confirmadas. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • Autoridades acreditam que suspeito do ataque nas Ramblas pertence a célula terrorista
    1:36
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35
  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Vento e calor provocam reacendimentos em Mação
    1:55
  • Ágata candidata-se à Câmara de Castanheira de Pera
    3:42