sicnot

Perfil

País

Acusado de ter matado ex-companheira em Leiria começa hoje a ser julgado

Um homem que terá matado a ex-companheira em Marrazes, Leiria, em outubro de 2014, começa hoje a ser julgado, acusado dos crimes de homicídio qualificado, violência doméstica, detenção de arma proibida e ameaça na forma agravada.

© Michelle McLoughlin / Reuters

O arguido, de 32 anos, detido preventivamente, incorre na pena máxima, 25 anos de prisão.

Segundo o despacho de acusação, o homem e a vítima tiveram um relacionamento durante o qual, entre outras coisas, aquele lhe disse, por várias vezes, que a mataria, agindo "movido por ciúme e desconfiança da existência" de um relacionamento da companheira com outra pessoa.

No verão de 2014, a vítima, de 51 anos, terminou o relacionamento, "decisão não aceite" pelo arguido, que passou a persegui-la e a esperá-la junto à casa onde aquela residia.

A 19 de outubro, uma semana antes do homicídio, o detido agrediu por duas vezes a ex-companheira, sendo que na segunda ocasião o filho desta "interpôs-se entre aquele e a mãe", tendo o suspeito empunhado uma navalha na direção do jovem que a segurou, acabando por se cortar na mão.

O Ministério Público (MP) acrescenta que, na manhã de 27 de outubro, a vítima acordou o filho, após ter ouvido "barulhos estranhos no 'hall' de acesso à porta de entrada da habitação", tendo, depois de espreitar, lhe parecido ter visto o arguido do lado de fora.

O jovem abriu a porta, mas não viu o arguido, nem ouviu qualquer barulho, mas, quando a vítima saiu do apartamento, aquele esperava-a no interior do prédio, munido de uma arma caçadeira com a qual lhe desferiu um tiro.

O julgamento está previsto começar às 09:30 no Tribunal Judicial de Leiria.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.