sicnot

Perfil

País

Sete ilhas dos Açores sob aviso laranja devido à chuva forte

Sete ilhas dos grupos central e oriental dos Açores estão hoje sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Rui Caria/SIC

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os grupos central (Graciosa, Terceira, São Jorge, Faial e Pico) e oriental (S. Miguel e Santa Maria) dos Açores vão estar sob aviso laranja entre as 05:00 e as 12:00 de hoje devido à previsão de chuva forte.

A previsão de chuva forte levou também o IPMA a colocar o grupo ocidental (Flores e Corvo) sob aviso amarelo entre as 05:00 e as 12:00.

O instituto colocou ainda o arquipélago dos Açores sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de trovoada.

Na quinta-feira, o arquipélago dos Açores esteve sob aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, afetando sobretudo a ilha de São Miguel e Terceira.

No concelho do Nordeste, ilha de São Miguel, o mau tempo causou danos em 21 habitações e oito famílias tiveram de dormir fora de casa.

O aviso laranja implica uma situação meteorológica de risco moderado a elevado enquanto o amarelo é o terceiro mais grave de uma escala de quatro e é emitido sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades que dependem do estado do tempo.

O IPMA prevê para hoje nos grupos oriental e central céu muito nublado, com abertas a partir da tarde, períodos de chuva e aguaceiros, que pontualmente poderão ser fortes durante a madrugada e início da manhã e vento do quadrante sul fraco a bonançoso.

No grupo ocidental prevê-se céu muito nublado, com abertas a partir da manhã, aguaceiros que pontualmente poderão ser fortes durante a madrugada e vento do quadrante oeste fraco a bonançoso.

Em Santa Cruz das Flores as temperaturas vão variar entre 20 e 24 graus Celsius, na Horta e Angra do Heroísmo entre 19 e 25 e em Ponta Delgada entre 18 e 24.

Lusa

  • Chuva intensa nos Açores provocou horas de sobressalto
    1:47

    País

    A chuva intensa que se fez sentir no Açores provocou estragos em 7 das 9 ilhas do arquipélago. A tempestade provocou derrocadas e deixou, pelo menos, três famílias sem casa. A destruição atingiu, particularmente, o lugar da Pedreira do Nordeste, em S. Miguel.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.