sicnot

Perfil

País

Advogados de Sócrates acreditam que todo o processo será arquivado

Advogados de Sócrates acreditam que todo o processo será arquivado

Advogado Pedro Delille considera que todo o processo é patético. Sublinha que, passados nove meses, ninguém em Portugal sabe porque é que Sócrates está preso. Acredita, por isso, que o processo vai acabar por ser arquivado, porque o Ministério Público não tem provas.

  • Advogado de José Sócrates fala numa pesada derrota do Ministério Público
    0:57

    País

    O advogado de José Sócrates diz que a alteração na medida de coação não é uma vitória, porque ainda há um longo caminho a percorrer. Mas diz que representa uma pesada derrota para o Ministério Público. João Araújo sublinha que a saída de Sócrates de Évora para ficar preso em casa significa apenas que a justiça não tem provas, que não há crime e que não poderá sequer haver acusação.

  • José Sócrates passa 1ª noite em casa depois de 288 dias na prisão
    2:04

    País

    A defesa de José Sócrates vai recorrer da decisão do juiz Carlos Alexandre por considerar "excessiva" a alteração da medida de coação aplicada ao antigo primeiro-ministro. Sócartes deixou o estabelecimento prisional de Évora, ontem ao fim do dia, e encontra-se, agora, em prisão domiciliária, sem pulseira eletrónica. O Ministério Público justificou a alteração com a diminuição do perigo de perturbação do inquérito. José Sócrates passou a primeira noite em casa depois de 288 dias na cadeia de Évora.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15