sicnot

Perfil

País

GNR ferido por homem com arma de pesca submarina

Um militar da GNR ficou hoje ferido após ter sido atingido por um arpão de uma arma de pesca submarina disparado por um homem, em Sines. O homem foi detido entretanto.

Segundo da GNR de Sines, a agressão ocorreu cerca das 14:00 após militares terem sido chamados a um restaurante, por causa de desacatos e onde estava o agressor, de 55 anos, a provocar os clientes e a exibir uma arma de pesca submarina, que tinha na sua posse.

Ao chegarem ao restaurante, o agressor ameaçou os militares da GNR e fugiu a pé, mas estes seguiram-no. Quando o abordaram, disparou o arpão da arma de pesca submarina contra um deles, acertando-lhe na mão.

O militar, de 24 anos, sofreu ferimentos ligeiros numa mão e foi transportado para o Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, para a remoção do arpão.

O agressor vai ser presente na segunda-feira no Tribunal Judicial de Santiago do Cacém para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.

Com Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".