sicnot

Perfil

País

GNR ferido por homem com arma de pesca submarina

Um militar da GNR ficou hoje ferido após ter sido atingido por um arpão de uma arma de pesca submarina disparado por um homem, em Sines. O homem foi detido entretanto.

Segundo da GNR de Sines, a agressão ocorreu cerca das 14:00 após militares terem sido chamados a um restaurante, por causa de desacatos e onde estava o agressor, de 55 anos, a provocar os clientes e a exibir uma arma de pesca submarina, que tinha na sua posse.

Ao chegarem ao restaurante, o agressor ameaçou os militares da GNR e fugiu a pé, mas estes seguiram-no. Quando o abordaram, disparou o arpão da arma de pesca submarina contra um deles, acertando-lhe na mão.

O militar, de 24 anos, sofreu ferimentos ligeiros numa mão e foi transportado para o Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, para a remoção do arpão.

O agressor vai ser presente na segunda-feira no Tribunal Judicial de Santiago do Cacém para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.

Com Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47