sicnot

Perfil

País

Ilhas das Flores e Corvo, nos Açores, sob aviso laranja devido à chuva forte

O aviso amarelo para as ilhas das Flores e Corvo, nos Açores, subiu para laranja devido à previsão de chuva forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), na sua página online.

LUSA/Arquivo

De acordo com o IPMA, as ilhas do Corvo e das Flores, no grupo ocidental dos Açores, estão sob aviso laranja, devido à previsão de chuva e trovoada desde as 06:00 e até às 19:00 de hoje.

Também as ilhas do grupo central Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial, estão sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros e trovoada, situação que vai vigorar a partir das 21:00 de hoje e as 3:00 de terça-feira.

Por seu turno, também as ilhas do grupo oriental, São Miguel e Santa Maria, ficaram sob aviso amarelo devido igualmente à previsão de aguaceiros e trovoada desde as 21:00 de hoje e as 9:00 de terça-feira.

O aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades que dependem do estado do tempo.

As condições atmosféricas nos Açores levaram hoje o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) a emitir um comunicado onde recorda à população as medidas que deve tomar para se precaverem dos efeitos dos avisos meteorológicos.

Como tal, pede o SRPCBA a adoção de "comportamentos adequados", sendo que nas zonas mais vulneráveis apela à desobstrução dos sistemas de escoamento das águas e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento.

Já para os Açores o IPMA prevê céu muito nublado, com abertas a partir da tarde, períodos de chuva, por vezes forte, passando a aguaceiros, condições favoráveis à ocorrência de trovoadas e vento muito fresco a forte com rajadas até 80 quilómetros por hora, rodando para norte e tornando-se fresco no grupo ocidental.

Em Santa Cruz das Flores as temperatura vão oscilar entre 20 e 24 graus Celsius, na Horta entre 20 e 25, em Angra do Heroísmo entre 21 e 25, em Ponta Delgada entre 22 e 26 e no Funchal entre 22 e 27.

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.