sicnot

Perfil

País

Crédito malparado de famílias e empresas aumenta em julho para os 18.867 M€

O crédito malparado das famílias e das empresas aumentou em julho face ao mês anterior para os 18.867 milhões de euros, representando mais de 9% do total do crédito concedido, apesar de os empréstimos concedidos pela banca terem diminuído, revela o Banco de Portugal.

Segundo o banco central, o crédito malparado das famílias subiu em maio para os 5.440 milhões de euros e o das empresas aumentou para os 13.410 milhões de euros, representando 9,08% dos 207.410 milhões de euros emprestados nestes dois setores. (Arquivo)

Segundo o banco central, o crédito malparado das famílias subiu em maio para os 5.440 milhões de euros e o das empresas aumentou para os 13.410 milhões de euros, representando 9,08% dos 207.410 milhões de euros emprestados nestes dois setores. (Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

De acordo com números hoje divulgados pelo Banco de Portugal, no final de julho, a banca tinha emprestado aos particulares e às empresas 205.957 milhões de euros, dos quais 18.867 milhões de euros eram considerados créditos vencidos pelas instituições financeiras, o que equivale a 9,16% do total dos empréstimos.

Considerando apenas o crédito concedido às famílias, no final de julho, estavam emprestados 121.379 milhões de euros, dos quais 5.394 eram de cobrança duvidosa, o equivalente a 4,44%.

Face ao mês anterior, isto representa uma diminuição dos empréstimos concedidos aos particulares, mas um aumento do peso do crédito malparado neste setor: em junho, a banca tinha emprestado 121.669 milhões de euros às famílias e o malparado ascendia a 5.380 milhões de euros, ou seja, 4,42% do total.

Já quanto às empresas, no final de julho, a banca tinha emprestado 84.578 milhões de euros às sociedades não financeiras e, destes, 13.473 milhões eram considerados como malparado, o equivalente a 15,9%.

Isto significa também um agravamento do crédito malparado concedido às empresas face ao mês anterior, uma vez que, em junho, os bancos tinham emprestado 85.366 milhões de euros, estando 13.423 milhões de euros na categoria de crédito vencido, ou seja, 15,7% do total.

Desde o início do ano, verificou-se uma diminuição do crédito total concedido, mas um agravamento do crédito malparado: no final de 2014, os empréstimos da banca tanto a empresas como a particulares ascendiam aos 209.614 milhões de euros, dos quais 8,4% eram considerados de cobrança duvidosa.

Nessa altura, o crédito vencido das famílias representava 4,3% do total de crédito concedido e o malparado das empresas representava 14,3% do total de empréstimos a este setor, proporções que em julho eram ligeiramente mais elevadas, de 4,4% e 15,9%, respetivamente.

Lusa

  • Vários mortos em avalancha em Itália

    Mundo

    Várias pessoas morreram numa avalanche que atingiu um hotel numa estação de esqui na montanha de Gran Sasso, Itália. As equipas de socorro conseguiram resgatar duas pessoas, mas admitem ainda a existência de quase 30 mortos.

    Em desenvolvimento

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Temperaturas negativas congelam rio em Bragança
    1:26

    País

    As baixas temperaturas os últimos dois dias, com as mínimas a descer até aos 10 graus negativos durante a noite e madrugada, congelaram o rio que atravessa a aldeia de Gimonde, no concelho de Bragança. O repórter da SIC João Faiões esteve esta manhã no local.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.

  • Feriado no Carnaval e fim das pontes chumbados
    2:15

    País

    Nem o Carnaval vai passar a ser feriado, nem as pontes vão acabar. O PS rejeitou esta quarta-feira no Parlamento uma proposta do PSD para que os feriados a meio da semana sejam gozados na segunda-feira seguinte. Ao mesmo tempo, os socialistas recusaram duas propostas apoiadas pelos partidos de esquerda, para que o Carnaval passasse a ser sempre feriado.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16