sicnot

Perfil

País

Taxistas manifestam-se hoje contra a Uber

Hoje é dia de protesto dos taxistas contra o transporte de passageiros por condutores ligados à aplicação eletrónica Uber. A partir das 8:30, realizam-se marchas lentas em Lisboa, Porto e Faro.

© Charles Platiau / Reuters

Em Lisboa, a concentração está marcada para o Parque das Nações e o percurso da marcha lenta percorre diversas artérias do centro da cidade, para terminar na Praça do Comércio, junto ao Ministério da Justiça.

No Porto, a marcha parte e termina na Praça Gonçalves Zarco e, em Faro, à concentração no Parque das Cidades (Estádio do Algarve) segue-se o desfile até ao Parque de São Francisco.

"A razão do protesto visa alertar para os efeitos da violação da lei, do não-acatamento de decisões judiciais, constituindo neste caso crime", e protestar contra a "tolerância dos decisores" e a "inação dos fiscalizadores, no uso das competências e obrigações a que estão vinculados", explicou, em comunicado, a Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL).

Os taxistas pretendem entregar um dossiê explicativo das suas razões ao presidente do instituto da Mobilidade Terrestre e à ministra da Justiça, em Lisboa.

Numa nota, a PSP informa que existirão elementos policiais a proceder ao desvio do trânsito devido aos previstos condicionamentos da circulação rodoviária e aconselha os cidadãos a utilizarem preferencialmente os transportes públicos para deslocações na cidade de Lisboa.

O Tribunal Central de Lisboa aceitou a 28 de abril deste ano uma providência cautelar interposta pela ANTRAL, e proibiu os serviços da aplicação de transportes Uber em Portugal, decisão que foi confirmada pelo mesmo tribunal em junho.

A ANTRAL acusa a Uber de "continuar a trabalhar da mesma forma" que trabalhava antes da decisão do tribunal.

Com Lusa

  • Taxistas anunciam protestos contra a Uber
    1:54

    País

    Os taxistas anunciam protestos contra a Uber, já para o próximo mês de setembro. A Uber foi impedida pelo tribunal de operar em Portugal, mas segundo a ANTRAL continua a trabalhar da mesma forma. Os motoristas de táxi prometem por isso ir para a rua e até de forma mais radical se for necessário.

  • Uber denuncia agressões de taxistas
    3:43

    País

    A Uber confirma que já houve duas agressões a motoristas parceiros, ao serviço da transportadora. O diretor-geral da filial portuguesa da empresa de transportes de passageiros desdramatiza e recusa responder diretamente às provocações da ANTRAL, a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros.

  • Antral acusa membros do Governo de ligações à Uber
    3:30

    País

    A Antral vai enviar hoje uma carta a todos os taxistas associados, para se juntem num protesto agendado para dia 8 de setembro. Será a primeira iniciativa marcada para este mês contra a Uber. Os taxistas prometem manifestações diárias, caso as viaturas concorrentes não deixem de circular. À SIC, a associação acusou elementos do governo de estarem ligados a esta plataforma.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.