sicnot

Perfil

País

Uber assegura que cumpre a lei e paga impostos

A empresa que utiliza a aplicação eletrónica Uber defendeu hoje que cumpre "inteiramente a legislação em vigor" e assegura que funciona com "parceiros licenciados" que pagam impostos.

© Sergio Perez / Reuters

No dia em que centenas de táxis saíram à rua em marchas lentas realizadas em Lisboa, Porto e Faro, em protesto contra o transporte de passageiros por condutores ligados à aplicação eletrónica Uber, fonte da empresa salienta ainda estarem "abertos à discussão com todas as entidades públicas e privadas".

"Em Portugal, a Uber opera inteiramente de acordo com a legislação em vigor, com parceiros licenciados que pagam impostos em cada viagem realizada na plataforma", refere a empresa, numa nota enviada à agência Lusa, salientando que "a tecnologia é também uma ferramenta importante para modernizar e melhorar o sector da mobilidade como um todo".

Centenas de taxistas protestaram hoje de manhã em Lisboa, Porto e Faro contra a Uber, para "alertar para os efeitos da violação da lei, do não-acatamento de decisões judiciais, constituindo neste caso crime".

Lusa

  • Mais de 150 táxis protestam contra Uber em Faro

    País

    Mais de centena e meia de taxistas participaram hoje, em Faro, no protesto que a Associação Nacional dos Transportes Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL) convocou contra o transporte de passageiros por veículos disponibilizados através da plataforma eletrónica Uber.

  • Mais de mil taxistas em protesto
    4:05

    País

    Mais de mil taxistas saíram esta manhã em protesto em Lisboa, Porto e Faro, numa marcha lenta contra a Uber, um sistema que permite chamar um carro particular através de um telemóvel. Os profissionais queixam-se de que a lei não está a ser cumprida e acusam ainda esta plataforma de concorrência desleal. Apesar dos apelos à calma, em Lisboa viveram-se alguns momentos de tensão.

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.