sicnot

Perfil

País

Idosa enfrentou à vassourada grupo armado que queria cobrar dívida do neto

Uma octogenária enfrentou com uma vassoura um grupo de quatro homens armados com uma caçadeira que entraram no seu apartamento, situado no centro da cidade de Aveiro, para cobrar uma suposta dívida do neto, com quem vivia.

© Ammar Awad / Reuters

O caso, ocorrido em novembro de 2014, começou hoje a ser julgado no Tribunal de Aveiro, onde os quatro arguidos, com idades entre os 22 e 26 anos, respondem por crimes de roubo, tráfico de estupefacientes e detenção de arma proibida.

Perante o coletivo de juízes, o arguido mais velho confessou parcialmente os factos, admitindo ter pedido ajuda a três outros amigos para tentar cobrar uma dívida de 600 euros, relativa a droga que teria entregado para vender.

O suspeito, que se encontra em prisão preventiva à ordem de outro processo, assumiu ainda a posse da caçadeira usada no crime, adiantando que a arma "era só para intimidar" o suposto devedor.

O principal arguido negou ainda que tivesse roubado peças decorativas de valor da residência, desconhecendo também se algum dos amigos o fez.

Um outro arguido afirmou que só lhe pediram para ir cobrar uma dívida, mas não pensou que a situação fosse tomar aquelas proporções, com o envolvimento de uma senhora de idade.

"A senhora apareceu com uma vassoura a dar-nos pela cabeça abaixo", contou o arguido, acrescentando que a idosa caiu para cima de si e ainda a agarrou para aparar a queda.

Este arguido também negou que tivessem levado um cordão e um brinco de ouro da idosa e uma jarra em prata, como consta na acusação.

O julgamento começou na ausência de um dos arguidos, que se encontra em parte incerta.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), os quatro jovens entraram na habitação empunhando uma caçadeira, para exigir a entrega de uma quantia de dinheiro, alegadamente devida por "dívida de estupefaciente".

De acordo com a investigação, os arguidos envolveram-se depois em confronto com o suposto devedor e a avó, que veio em socorro do neto, tendo um dos agressores arrancado um cordão e um brinco de ouro que a idosa trazia.

Os jovens acabariam por abandonar a residência, levando os objetos em ouro e uma jarra em prata, tendo sido detidos pela Polícia Judiciária um mês depois dos factos.

Lusa

  • Cadeia de Santa Cruz do Bispo assaltada durante a noite
    1:42

    País

    A cadeia de Santa Cruz do Bispo foi assaltada esta noite. Os assaltantes arrombaram a porta dos serviços administrativos e levaram um cofre vazio. A direção-geral admite que a área é sujeita apenas a vigilância descontinuada e o sindicato diz que falta de guardas pode comprometer a segurança. Este foi o segundo assalto a um estabelecimento prisional num curto espaço de tempo.

  • Assalto falhado nos Estados Unidos
    0:50

    Mundo

    Nos Estados Unidos, dois jovens tentaram assaltar uma loja de conveniência, ameaçando o funcionário com uma catana. Mas o assalto acabou por não correr bem quando foram confrontados com uma espada ainda maior.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.