sicnot

Perfil

País

Idosa enfrentou à vassourada grupo armado que queria cobrar dívida do neto

Uma octogenária enfrentou com uma vassoura um grupo de quatro homens armados com uma caçadeira que entraram no seu apartamento, situado no centro da cidade de Aveiro, para cobrar uma suposta dívida do neto, com quem vivia.

© Ammar Awad / Reuters

O caso, ocorrido em novembro de 2014, começou hoje a ser julgado no Tribunal de Aveiro, onde os quatro arguidos, com idades entre os 22 e 26 anos, respondem por crimes de roubo, tráfico de estupefacientes e detenção de arma proibida.

Perante o coletivo de juízes, o arguido mais velho confessou parcialmente os factos, admitindo ter pedido ajuda a três outros amigos para tentar cobrar uma dívida de 600 euros, relativa a droga que teria entregado para vender.

O suspeito, que se encontra em prisão preventiva à ordem de outro processo, assumiu ainda a posse da caçadeira usada no crime, adiantando que a arma "era só para intimidar" o suposto devedor.

O principal arguido negou ainda que tivesse roubado peças decorativas de valor da residência, desconhecendo também se algum dos amigos o fez.

Um outro arguido afirmou que só lhe pediram para ir cobrar uma dívida, mas não pensou que a situação fosse tomar aquelas proporções, com o envolvimento de uma senhora de idade.

"A senhora apareceu com uma vassoura a dar-nos pela cabeça abaixo", contou o arguido, acrescentando que a idosa caiu para cima de si e ainda a agarrou para aparar a queda.

Este arguido também negou que tivessem levado um cordão e um brinco de ouro da idosa e uma jarra em prata, como consta na acusação.

O julgamento começou na ausência de um dos arguidos, que se encontra em parte incerta.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), os quatro jovens entraram na habitação empunhando uma caçadeira, para exigir a entrega de uma quantia de dinheiro, alegadamente devida por "dívida de estupefaciente".

De acordo com a investigação, os arguidos envolveram-se depois em confronto com o suposto devedor e a avó, que veio em socorro do neto, tendo um dos agressores arrancado um cordão e um brinco de ouro que a idosa trazia.

Os jovens acabariam por abandonar a residência, levando os objetos em ouro e uma jarra em prata, tendo sido detidos pela Polícia Judiciária um mês depois dos factos.

Lusa

  • Cadeia de Santa Cruz do Bispo assaltada durante a noite
    1:42

    País

    A cadeia de Santa Cruz do Bispo foi assaltada esta noite. Os assaltantes arrombaram a porta dos serviços administrativos e levaram um cofre vazio. A direção-geral admite que a área é sujeita apenas a vigilância descontinuada e o sindicato diz que falta de guardas pode comprometer a segurança. Este foi o segundo assalto a um estabelecimento prisional num curto espaço de tempo.

  • Assalto falhado nos Estados Unidos
    0:50

    Mundo

    Nos Estados Unidos, dois jovens tentaram assaltar uma loja de conveniência, ameaçando o funcionário com uma catana. Mas o assalto acabou por não correr bem quando foram confrontados com uma espada ainda maior.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.