sicnot

Perfil

País

Chuva a norte e ligeira descida da temperatura no fim de semana

O fim de semana vai ser marcado pela chuva, em especial no Minho e Douro litoral, prevendo-se também uma ligeira descida da temperatura, de dois ou três graus, disse à agência Lusa a meteorologista Paula Leitão.

© Eric Gaillard / Reuters

"Vamos entrar numa situação que cheira mais a outono. Vamos ter um fim de semana com um pouco mais de nebulosidade, já com chuva, principalmente nas regiões do norte e centro, vento geralmente fraco do quadrante oeste e a temperatura baixa, mas não muito", adiantou à Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Paula Leitão, a chuva deverá começar já hoje a partir do fim da tarde na região do Minho e douro litoral e, no sábado, vai atingir a região norte e centro até meio da tarde.

"No domingo volta a haver precipitação principalmente na região do norte e centro, mas durante o início da tarde na região sul também pode haver alguma chuva fraca", salientou.

A meteorologista adiantou também que na segunda-feira vai continuar a haver condições para ocorrência de aguaceiros nas regiões do norte e centro, principalmente durante a manhã.

"Contudo, é na quarta-feira, por causa da passagem de uma frente com alguma atividade, que estamos a prever queda de chuva mais significativa em todo o território, podendo mesmo ser moderada a forte nas regiões do norte e centro.

No que diz respeito às temperaturas, segundo Paula Leitão, vão descer, mas ligeiramente.

"Em Lisboa temos por exemplo hoje 24/25 graus Celsius e no domingo vai estar com 23. Em Évora e Beja hoje estão 28/29 graus e vai descer para 25", concluiu.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.