sicnot

Perfil

País

PR sublinha importância do ensino profissionalizante no crescimento da economia

O Presidente da República destacou hoje a importância do ensino profissionalizante no reforço do crescimento económico do país, recusando o "estigma" que ainda se coloca sobre este tipo de formação.

© Rafael Marchante / Reuters

"Este ramo de educação e formação profissional é decisivo para reforçar o crescimento económico do nosso país de forma sustentável e para combater o flagelo do desemprego, nesta matéria estamos de facto no bom caminho", afirmou o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, em declarações aos jornalistas em Setúbal, no final da sexta edição do Roteiro para uma Economia Dinâmica, dedicada à formação profissional.

Considerando que as qualificações técnicas específicas que as escolas de ensino profissional têm vindo a proporcionar aos jovens e aos desempregados tem contribuído para a descida do desemprego e o "aumento substancial" das exportações, o Presidente da República disse não fazer "qualquer sentido um certo estigma que às vezes se coloca no ensino profissionalizante".

"Nestas escolas o ensino é intelectualmente muito exigente, são utilizados os métodos mais modernos no campo pedagógico e onde se utilizam instrumentos tecnológicos do mais avançado do que hoje existe em toda a Europa", comentou.

Cavaco Silva, que esta manhã visitou a Escola Profissional Gustave Eiffel, ATEC - Academia de Formação, instalada no parque industrial da Volkswagen Autoeuropa e que tem como associados a VW Autoeuropa, a Siemens, a Bosch e a AHK, além do Centro de Formação Profissional de Setúbal, apontou as instituições por onde passou como "um bom exemplo do que se está a fazer no domínio da formação profissional".

"Estas escolas garantem àqueles que completam os respetivos cursos um elevadíssimo nível de empregabilidade e são pessoas que quando ingressam nas empresas obtêm um reconhecimento muito forte por parte das entidades empresariais e esta vocação profissionalizante que neste momento existe no nosso ensino secundário está a dar um contributo da maior importância para o combate ao desemprego", acrescentou.

O Presidente da República recordou ainda que existe neste momento o objetivo de conseguir em 2020 que 50% dos jovens no ensino secundário estejam na via profissionalizante, reiterando que o trabalho realizado nas escolas profissionais é decisivo para aumentar a competitividade das empresas e reforçar a inovação.

Lusa

  • Isto não é não jornalismo. Por Ricardo Costa

    Opinião

    Uma das decisões mais banais e corriqueiras do jornalismo assenta nas escolhas que se fazem no dia a dia. Que temas se abordam, que destaque se dá a este ou aquele assunto, que ângulos de abordagem se usam. São opções condicionadas por uma série de fatores - que vão do interesse e da novidade até questões tão básicas como o haver ou não jornalistas com tempo, meios e conhecimentos para o fazerem -, que estão e estarão na base de qualquer dia de trabalho numa redação.

    Ricardo Costa

  • Bruxelas multa Altice em 125 M€ devido à compra da PT

    Economia

    Os Serviços da Concorrência da Comissão Europeia decidiram multar a Altice em 125 milhões de euros no âmbito da compra da PT Portugal. Bruxelas avançou com a multa à Altice por ter começado a gerir a PT antes do negócio ter sido aprovado pela Comissão Europeia.

  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.