sicnot

Perfil

País

Greve na Soflusa afeta ligações fluviais entre Barreiro e Lisboa

A greve levada hoje a cabo pelos trabalhadores da Soflusa vai afetar as ligações entre Lisboa e o Barreiro, sobretudo nas horas de ponta, da manhã e da tarde. As ligações de barco entre as duas margens do rio Tejo vão estar paradas cerca de três horas por turno.

(SIC/Arquivo)

(SIC/Arquivo)

A administração da empresa revelou que são realizadas duas carreiras no sentido Barreiro/Lisboa, às 05:15 e 06:15, com as ligações a estarem paradas até às 10:30, tendo por base a decisão do tribunal arbitral do Conselho Económico e Social (CES).

No período da tarde, as ligações vão parar pelas 17:30 e apenas vão ser retomadas pelas 21:45.

No sentido Lisboa/Barreiro também se vão realizar duas carreiras consideradas como serviços mínimos, às 05:45 e às 06:40. As ligações serão depois retomadas pelas 10:55.

No período da tarde, os barcos vão parar entre as 18:00 e as 22:15.

Com esta paralisação que se repete tambéma amanhã, os funcionários da Soflusa reclamam um aumento salarial.

"A principal razão desta greve é exigência da revisão da massa salarial e, também, a discriminação que a administração tem estado a fazer em relação aos outros funcionários da empresa, quando aumentaram [os rendimentos] dos cargos médios e superiores, em valores que chegaram aos 2.500 euros", referiu Carlos Costa, do Sindicato dos Transportes Fluviais Costeiros e Marinha Mercante, afeto à Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS).

A Soflusa, integrada na Transportes de Lisboa, juntamente com o Metro, Carris e Transtejo, tem cerca de 170 trabalhadores.

Com Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.