sicnot

Perfil

País

Mau tempo causou incidentes sem danos significativos no Porto

A chuva e o vento forte provocaram no início da madrugada de hoje quedas de 23 árvores, algumas de grande porte, inundações e quedas de pequenas estruturas edificadas, adiantou fonte do CDOS do Porto.

ESTELA SILVA/ LUSA

De acordo com a fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS), estas ocorrências verificaram-se por todo o distrito do Porto e não provocaram feridos, apenas danos materiais em duas viaturas estacionadas.

Além das árvores, os bombeiros foram também chamados para ajudar em oito inundações e para retirar duas estruturas de edifícios.

No total, estiveram envolvidos nas operações 137 homens, auxiliados por 37 viaturas.

A fonte do CDOS disse ainda, hoje de manhã, que a situação acalmou cerca das 03:00.
"Até ao início da madrugada ainda tivemos chamadas a pedir auxílio, mas nada de relevante, tudo incidentes sem danos. A partir do meio da madrugada acalmou", adiantou a mesma fonte.

Também a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), contatada pela Lusa, avançou também que, apesar das ocorrências durante o final do dia e madrugada, nenhuma destas foi significativa.

Com Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32