sicnot

Perfil

País

Greve vai afetar ligações fluviais entre Barreiro e Lisboa no início da semana

A Soflusa anunciou hoje que as ligações fluviais entre o Barreiro e o Terreiro do Paço, em Lisboa, vão ser afetadas na segunda, na terça e na quarta-feira devido a uma greve parcial dos trabalhadores.

A paralisação, de três horas por turno, vai afetar, em especial, as horas de ponta no período da manhã e da tarde.

A empresa refere que vão ser feitas duas carreiras no sentido Barreiro/Lisboa pelas 05:15 e 06:15, devido aos serviços mínimos decretados pelo tribunal arbitral, com as ligações a estarem paradas até às 10:30. No período da tarde, as ligações vão parar pelas 17:35 e apenas vão ser retomadas pelas 21:45.

No sentido Lisboa/Barreiro também se vão realizar duas carreiras decretadas pelos serviços mínimos, às 05:45 e 06:40. As ligações serão depois retomadas pelas 10:55. No período da tarde, os barcos vão parar entre as 18:00 e as 22:15.

"Durante os períodos de greve, os terminais estarão encerrados, por motivos de segurança. O conselho de administração reitera o seu empenho na prossecução das medidas necessárias que garantam a sustentabilidade e a qualidade do serviço de transporte que o Grupo Transtejo disponibiliza diariamente aos seus clientes", refere a empresa Transportes de Lisboa em comunicado.

Os trabalhadores da empresa, que já cumpriram esta semana dois dias de greve parcial, exigem uma revisão da massa salarial.

A Soflusa, integrada na Transportes de Lisboa, juntamente com o Metro, Carris e Transtejo, tem cerca de 170 trabalhadores.

Lusa

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.