sicnot

Perfil

País

Arguidos do caso Tecnoforma não vão a julgamento

A juíza de Instrução Criminal decidiu não levar a julgamento os arguidos do caso Tecnoforma. Poiares Maduro, Pacheco Pereira e a jornalista Clara Ferreira Alves não vão ser julgados por crime de ofensa contra a empresa onde trabalhou Pedro Passos Coelho.

José Pacheco Pereira nasceu a 6 de janeiro 1949, no Porto, formando-se em Filosofia naquela universidade, tendo sido professor, deputado e líder do grupo parlamentar do Partido Social Democrata (PSD). Recebeu, em 2005, a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade atribuída pelo então Presidente da República Jorge Sampaio. (Arquivo)

José Pacheco Pereira nasceu a 6 de janeiro 1949, no Porto, formando-se em Filosofia naquela universidade, tendo sido professor, deputado e líder do grupo parlamentar do Partido Social Democrata (PSD). Recebeu, em 2005, a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade atribuída pelo então Presidente da República Jorge Sampaio. (Arquivo)

SIC

A juíza considerou não haver indícios da prática do crime, tal como tinha entendido o Ministério Público, que não quis acompanhar a acusação particular levada a cabo pela Tecnoforma.

A empresa considera que as declarações e comentários do ministro, do comentador e da jornalista prejudicaram a imagem e a credibilidade da empresa.

O advogado da Tecnoforma informou, no final da sessão, que a empresa vai recorrer da decisão da magistrada.

  • Prosseguem buscas por condutor da carrinha no ataque em Barcelona
    2:38