sicnot

Perfil

País

Colisão entre comboio e automóvel faz um ferido grave na linha do Vouga

Uma mulher ficou hoje ferida com gravidade na sequência da colisão do automóvel que conduzia e de um comboio, numa passagem de nível sem guarda da linha do Vouga em Santa Maria da Feira, disse fonte dos bombeiros.

© Hugo Correia / Reuters


O alerta para os Bombeiros de Lourosa foi dado cerca das 09:00 e a equipa de socorro teve de proceder ao desencarceramento da condutora, de 50 anos, que era a única ocupante do veículo.

À Lusa, Pedro Ramos, das Infraestruturas de Portugal, detalhou que o acidente ocorreu numa passagem de nível sem guarda situada na freguesia de São Paio de Oleiros, concelho de Santa Maria da Feira, no troço da Linha do Vouga entre Espinho e Paços de Brandão.

Em declarações à Lusa, fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) disse que a vítima apresentava vários traumatismos, nomeadamente no tórax e nos membros inferiores e superiores, e foi transportada para o hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feira.

No local, estiveram os Bombeiros de Lourosa, com uma ambulância e uma viatura de desencarceramento, a ambulância de Suporte Básico de Vida (SBV) do INEM e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação da Feira.

Segundo a porta-voz da CP, Ana Portela, a circulação na Linha do Vouga foi restabelecida às 10:50.

"Os clientes que se encontravam no comboio envolvido no acidente foram encaminhados de táxi para o seu destino", referiu Ana Portela.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.