sicnot

Perfil

País

GNR descobre arsenal de armas em residência de Carrazeda de Ansiães

A GNR descobriu hoje um arsenal com quase uma centena de armas de fogo, milhares de munições e outro material do género durante uma busca domiciliária, numa aldeia de Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança.

O achado, na localidade de Pinhal do Douro, "surpreendeu" os militares quando cumpriam mandados de busca domiciliária e de detenção emitidos pelo Tribunal, no âmbito de uma investigação a um homem de 79 anos.

O indivíduo está a ser investigado por suspeitas dos crimes de ameaça com arma de fogo e ofensa à integridade física sobre vizinhos e ainda de violência doméstica sobre a esposa.

O mandado de detenção ficou sem efeito, já que, segundo informação do Comando Distrital de Bragança da GNR, o indivíduo e a esposa não se encontravam na localidade e estarão ausentes do país.

Apesar da investigação pelo crime de violência doméstica, o casal continua a viver junto, segundo ainda as autoridades, e o homem não estava sujeito a qualquer medida de coação.

Na busca domiciliária à residência foram encontradas e apreendidas quase cem armas de fogo, entre armas de caça, pistolas, revólveres e espingardas de ar comprimido.

Foram ainda apreendidas cerca de cinco mil munições de diversos calibres, cinco armas brancas, vário material para recarregamento de cartuchos, pólvora, chumbo de caça, ponteiras para armas, chaves para desmontagem de ponteiras e uma bengala.

De acordo com a GNR, o indivíduo não tem atividade profissional ligada às armas e tem registadas legalmente no nome dele 24, que as autoridades ainda não sabem se fazem ou não parte do material hoje apreendido.

As autoridades estão também a averiguar com que finalidade o suspeito tinha em sua posse um tão elevado número de armas e restante material.

Lusa

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.