sicnot

Perfil

País

Dois mortos em queda de ultraleve em Tomar

Duas pessoas morreram hoje devido à queda de um ultraleve em Tomar, disse à agência Lusa uma fonte dos bombeiros municipais de Tomar. A mesma fonte adiantou que o acidente ocorreu cerca das 10:00 de hoje no campo de voo de Tomar, onde decorria um festival aéreo.

O acidente ocorreu cerca das 10:00 de hoje no campo de voo de Valdonas, em Tomar, distrito de Santarém, onde decorria um evento aéreo.

As vítimas são um homem, com cerca de 40 anos, e um jovem, adiantou à Lusa uma fonte do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves (GPIAA), que está a investigar as causas do acidente.

Uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém acrescentou que os bombeiros foram alertados às 10:22 para um acidente que envolvia um ultraleve.

Deslocaram-se para o local três ambulâncias, uma viatura do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e uma viatura de desencarceramento dos bombeiros municipais de Tomar.

Após terem chegado ao local, o INEM confirmou a morte de duas pessoas, que foram transportadas para o Instituto de Medicina Legal de Tomar.

No campo de voo de Valdonas decorria o 13.º Encontro dos Templários, promovido pela Associação Tomarense de Aviação Ultraligeira (ATAUL).

Lusa

  • Quase 200 queixas por dia sobre serviços de saúde em 2017
    1:46

    País

    Foram apresentadas, em 2017, quase 200 queixas por dia sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados. As questões administrativas e os tempos de espera foram as principais razões das mais de 70 mil reclamações recebidas pela Entidade Reguladora da Saúde.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • O projeto pioneiro que apoia crianças com doenças incuráveis
    3:30

    País

    A única unidade de cuidados paliativos pediátricos do país situa-se em São Mamede de Infesta. Inaugurado há quase dois anos, pelo Kastelo, há passaram 68 crianças com doenças incuráveis. A instituição lançou agora uma campanha de donativos para construir um parque aquático.