sicnot

Perfil

País

Ministério Público vai investigar praxe violenta no Algarve

O Ministério Público vai instaurar um inquérito ao caso da praxe violenta que levou uma jovem ao hospital, no Algarve. A aluna, caloira da Universidade do Algarve, foi enterrada na areia e obrigada a beber álcool até ficar inconsciente.

A Polícia Marítima já identificou 20 pessoas que terão estado envolvidas na praxe.

O Ministério da Educação pediu esclarecimentos sobre o caso e exige uma resposta rápida ao reitor da universidade algarvia.

A instituição de ensino superior também já instaurou um processo de averiguações e promete punir os responsáveis.

  • Veio para Portugal para estar mais perto da natureza mas o fogo levou-lhe tudo
    4:59
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão