sicnot

Perfil

País

Centenas de alunos da Universidade de Lisboa sem apoio para Erasmus

Centenas de alunos da Universidade de Lisboa que se candidataram ao programa Erasmus não vão ter direito a bolsas de estudo.

Ao contrário da Universidade de Lisboa, as restantes instituições de ensino superior conseguiram dar a volta à redução da verba disponível e continuam a conceder bolsas de estudo. (Arquivo)

Ao contrário da Universidade de Lisboa, as restantes instituições de ensino superior conseguiram dar a volta à redução da verba disponível e continuam a conceder bolsas de estudo. (Arquivo)

O jornal Público escreve este sábado que a instituição comunicou aos estudantes que tinham previsto sair no 2º semestre que não tem dinheiro para os apoiar.

A agência nacional que gere o programa Erasmus confirma que houve um corte no dinheiro disponível, mas que as universidades sabiam desta redução há mais de um ano. Ao todo, os fundos destinados ao programa, este ano, chegam aos 15 milhões de euros, mas uma parte da verba está a ser desviada para instituições privadas e outros projetos de mobilidade, o que tira o financiamento ao programa Erasmus.

Ao contrário da Universidade de Lisboa, as restantes instituições de ensino superior conseguiram dar a volta à redução da verba disponível e continuam a conceder bolsas de estudo.

  • Uma viagem ao mundo dos estudantes Erasmus
    3:53

    País

    O programa Erasmus existe desde 1987. Em 27 anos, 3 milhões de estudantes europeus participaram neste intercâmbio universitário. Destes, cerca de 80 mil eram portugueses. Mas há números muito mais surpreendentes. Diz a Comissão Europeia que este programa já gerou 1 milhão de bebés. A Grande Reportagem, que poderá ver logo no Jornal da Noite, vai mostrar-lhe algumas dessas crianças, histórias de estudantes portugueses e estrangeiros e os negócios em volta do Erasmus que em Lisboa já representam vários milhões.

  • Fazer Erasmus na Grécia
    11:31

    SIC Europa

    Estreamos nesta nova série um segmento dedicado ao programa Erasmus, criado em 1987, e que atingiu, em 2013, três milhões de participantes! Os repórteres dos Europeus viajaram até à Grécia para acompanhar a vida de quem aceitou mudar de país durante alguns meses.

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.