sicnot

Perfil

País

Ministro da Saúde anuncia acordo com enfermeiros que terão salários equiparados

O ministro da Saúde, Paulo Macedo, anunciou hoje ter chegado a acordo com o sindicato dos enfermeiros e garantiu que os salários entre os profissionais com contrato individual e os em funções públicas serão equiparados.

João Relvas/Lusa

"Chegou-se a acordo o que quer dizer aquilo que tínhamos dito que estávamos disponíveis para negociar, e que era algo que entendemos que é absolutamente justo, que é o facto de equipararmos as remunerações no acesso entre enfermeiros contratados por contrato individual de trabalho e [os enfermeiros] em funções públicas", afirmou o ministro à margem de uma visita a uma Unidade de Saúde Familiar no Porto.

O governante explicou que a harmonização implicará a revisão dos vencimentos de 11 mil enfermeiros "no sentido da equiparação ao valor mínimo", já a partir do próximo mês.

Esta medida, que levou os sindicados "a desconvocar as greves", terá um custo "significativo" de "cerca de 11 milhões de euros, assinalou Paulo Macedo.

O ministro da Saúde lembrou estar "em negociações há mais de um ano relativamente a um conjunto de pontos".

"Há uns meses estabeleceu-se quais os pontos a discutir, há pontos onde não chegamos a acordo, há outros onde não chegamos a acordo", disse.

Lusa

  • Faturação dos hospitais privados aumenta
    1:04

    País

    O Estado tem vindo a reduzir, cada vez mais, os gastos no setor da saúde. Em sentido inverso, nos últimos 10 anos, a faturação nos hospitais privados mais do que duplicou. Só o ano passado os hospitais privados fizeram mais de cinco milhões de consultas. A faturação rondou os 1.750 milhões de euros, cerca de um terço dos cuidados de saúde no público.

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • "Não se pode voltar atrás, o povo de Deus confirmou a necessidade deste Papa"
    3:15
  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.