sicnot

Perfil

País

Um bombeiro ferido sem gravidade e viatura destruída no incêndio em Monchique

O incêndio em mato que deflagrou hoje em Tojeiro, Monchique, provocou ferimentos ligeiros num bombeiro e destruiu uma viatura dos bombeiros de Lagoa, informou a Proteção Civil.

(Arquivo)

(Arquivo)

LU\303\215S FORRA

Um carro dos bombeiros de Lagoa ardeu, depois de ter resvalado, tendo sido impossível retirar o veículo do local, não se registando ferimentos nos seus ocupantes, disse Abel Gomes, o comandante distrital da Proteção Civil do Algarve.

Segundo Abel Gomes, que falava num briefing conjunto com o presidente da Câmara de Monchique aos jornalistas, há ainda a registar ferimentos ligeiros num bombeiro durante o combate às chamas.

O comandante distrital da Proteção Civil do Algarve disse também aos jornalistas que o fogo está "controlado, prevendo-se que a sua extinção possa ocorrer durante a noite".

Abel Gomes crê que as condições meteorológicas durante a noite "possam ajudar no combate às chamas e à sua extinção, uma vez que se registam apenas pequenos focos de incêndio em zonas de difícil acesso".

O comandante acrescentou que continuam envolvidos no combate às chamas 15 corporações de bombeiros do Algarve com o apoio de quatro máquinas de rastro e também uma equipa especial de intervenção dos bombeiros.

Segundo a página na Internet da Autoridade da Nacional da Proteção Civil, no combate ao fogo, cujo alerta foi dado às 12:32, estão envolvidos 244 operacionais, apoiados por 83 meios terrestres.

O presidente da Câmara de Monchique, Rui André, informou que as pessoas que tinham sido retiradas durante a tarde das suas casas devido ao intenso fumo já regressaram.

"As 10 pessoas que foram retiradas por precaução devido ao intenso fumo já voltaram às suas casas e não há qualquer perigo para a sua permanência nas habitações", disse o autarca.

O autarca assegurou que não ardeu nenhuma habitação e que os bombeiros têm assegurado que o fogo não atinja as casas.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.