sicnot

Perfil

País

Continente condenado a pagar 386 mil euros a trabalhadores e à Segurança Social

A empresa Modelo-Continente foi condenada a pagar 386 mil euros à segurança social e aos trabalhadores da Unidade de Distribuição de Carnes em Santarém, divulgou esta sexta-feira a União dos Sindicatos.

A condenação da empresa foi proferida a 29 de setembro e decorreu de um pedido de intervenção por parte do SINTAB - Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal. (Arquivo)

A condenação da empresa foi proferida a 29 de setembro e decorreu de um pedido de intervenção por parte do SINTAB - Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal. (Arquivo)

DR

De acordo com a União dos Sindicatos de Santarém (USS), a condenação pela Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) obriga a empresa Modelo-Continente Unidade de Distribuição de Carnes em Santarém a pagar aos trabalhadores dessa fábrica "mais de 226 mil euros por não estar a cumprir com o pagamento de diuturnidades previstas pelo Contrato Coletivo aplicável ao setor".

A somar a este valor, a empresa terá ainda de pagar "perto de 45 mil euros de coima por não cumprir com as suas obrigações para com os trabalhadores e 115 mil euros à Segurança Social referentes às comparticipações devidas e resultantes do pagamento de diuturnidades agora apuradas como estando em falta", refere um comunicado da USS.

A condenação da empresa foi proferida a 29 de setembro e decorreu de um pedido de intervenção por parte do SINTAB - Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal.

Contactada pela agência Lusa, a Modelo Continente confirmou que os seus responsáveis foram hoje "notificados ao fim do dia de uma decisão administrativa do ACT", que tencionam "impugnar."

Paralelamente a esta condenação, está a decorrer no Tribunal de Trabalho de Santarém um julgamento em que duas dirigentes sindicais do SINTAB reclamam o pagamento de diuturnidades em falta.

Lusa

  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.

  • Se

    Se Jaime Marta Soares tiver razão, se a ciência e as autoridades não forem - outra vez? - manipuladas pelo poder político, se a investigação - independente - concluir que o fogo começou muito antes da trovoada, então, estamos diante de um dos maiores embustes do Portugal democrático.

    Pedro Cruz

  • A reconstrução da Nacional 236
    1:44
  • Harry admite que ninguém na família real britânica quer ser rei ou rainha

    Mundo

    O príncipe Harry admitiu que nenhum dos mais jovens membros da família real britânica quer ser rei ou rainha. Numa entrevista exclusiva à revista norte-americana Newsweek, na qual aborda temas como a morte da mãe, que perdeu com apenas 12 anos, Harry afirma que ele e o irmão estão empenhados em "modernizar a monarquia".

    SIC