sicnot

Perfil

País

Português detido por integrar rede jihadista em Espanha

Um português foi hoje detido numa operação policial espanhola e marroquina destinada a desmantelar uma rede internacional de captação de jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico, que operava sobretudo nestes dois países, anunciou a polícia espanhola.

O cidadão português é um dos dez detidos no decorrer da operação, que teve lugar em Espanha e em Marrocos.

Os 10 detidos - quatro em Espanha e seis em Marrocos - faziam parte de uma rede internacional ativa de captação, doutrinamento radical, recrutamento e apoio logístico da organização extremista DAESH [acrónimo árabe para o autodenominado Estado Islâmico], indicou em comunicado a polícia espanhola.

"Os detidos em Espanha são duas mulheres de nacionalidade marroquina e dois homens: um deles de origem marroquina com nacionalidade espanhola e o outro um muçulmano convertido, de nacionalidade portuguesa. Todos formavam parte ativa de uma rede com dimensão internacional que operava principalmente em Espanha e Marrocos", explicou a polícia espanhola.

Segundo as autoridades espanholas, "os detidos desempenhavam um papel dinâmico na radicalização e recrutamento de novos membros do DAESH, principalmente mulheres".

Os quatro detidos em território espanhol - incluindo o cidadão português - foram apanhados nas localidades de Toledo, Barcelona e Valência. A polícia espanhola não especificou onde foi detido o cidadão português, nem idade e local de origem.

A rede mantinha contacto com operacionais terroristas em zonas de combate, o que lhes "permitia dispor de dados em tempo real das circunstâncias que facilitavam ou impediam a deslocação de voluntários para engrossar as fileiras do DAESH".

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.