sicnot

Perfil

País

Catorze distritos do continente sob aviso amarelo devido à chuva e vento forte

Catorze distritos do continente estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva e vento forte, informou hoje o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

(arquivo)

(arquivo)

XOAN REY

De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Castelo Branco, Santarém, Setúbal estão sob aviso amarelo devido à previsão de períodos de chuva forte passando a regime de aguaceiros a partir da tarde que poderão ser forte e acompanhados de trovoada.

Estes distritos estão também sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 90/110 quilómetros por hora nas terras altas.

O aviso amarelo para a chuva e vento vai estar em vigor entre as 01:00 e as 18:00 de hoje.

De acordo com o IPMA, o aviso amarelo é o segundo menos grave de uma escala de quatro e refere-se a uma "situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes, e que poderão ser acompanhados de trovoada e de rajadas.

Está também previsto vento moderado de sul, soprando forte no litoral, com rajadas da ordem de 90 quilómetros por hora a norte do cabo Raso, e forte a muito forte, com rajadas da ordem de 100/110 quilómetros por hora nas terras altas, enfraquecendo para o final do dia.

A previsão aponta ainda para neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais, pequena subida da temperatura mínima na região norte e descida da máxima.

No sul prevê-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes até ao final da manhã, e que poderão ser acompanhados de trovoada e de rajadas.

Está também previsto vento moderado de sul, soprando moderado a forte no litoral, com rajadas da ordem de 65/70 quilómetros por hora no litoral oeste, e forte, com rajadas até 90 quilómetros por hora nas terras altas, enfraquecendo para o final do dia, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e pequena descida da temperatura máxima.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 20 e 23 graus Celsius, no Porto entre 18 e 20, em Viana do Castelo entre 17 e 20, em Vila Real entre 16 e 20, em Bragança entre 14 e 19, em Viseu entre 15 e 19, na Guarda entre 13 e 16, em Castelo Branco entre 16 e 20, em Santarém entre 19 e 23, em Évora entre 17 e 24, em Beja entre 20 e 24 e em Faro entre 20 e 23.

Lusa

  • Ministro garante segurança nas escolas com uso de poliuretano
    0:52

    País

    O ministro da Educação garante que as escolas estão em segurança e que não há perigo com um material como o poliuretano. Tiago Brandão Rodrigues respondia, esta quarta-feira, a uma pergunta dos Verdes sobre a substituição de amianto nas escolas.

  • Estoril garante que estrutura da bancada não está em causa
    2:23

    Desporto

    O Laboratório Nacional de Engenharia Civil deverá emitir esta quinta-feira um parecer preliminar sobre a bancada norte do estádio do Estoril-Praia. O clube garante que a estrutura não está em causa e que, tal como a câmara de Cascais, aguarda por conclusões para uma edificação feita no vale da Amoreira.

  • Ronaldo estará mesmo de saída do Real Madrid
    2:01
  • Várias alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Encontradas 86 pedras preciosas numa casa em Albufeira
    0:48
  • Polícia descobre arte de esconder 750 quilos de droga em ananases
    2:25
  • Moscovo só teve seis minutos de luz solar em dezembro

    Mundo

    Os portugueses estão tão habituados ao sol, que nunca imaginariam passar um mês inteiro sem ele. O fenómeno aconteceu na capital russa. Moscovo bateu o recorde em dezembro, quando passou o mês inteiro sem luz solar direta. As pessoas de Moscovo viram o sol apenas durante seis minutos e a espreitar timidamente por entre as nuvens.

  • A maior lua de Saturno tem nível do mar tal como a Terra

    Mundo

    Titã, a maior lua de Saturno, tem uma altura média da superfície do mar, tal como a Terra, revela um estudo divulgado esta quarta-feira, que se baseia em observações feitas pela sonda norte-americana Cassini, cuja missão terminou em setembro.